SGDC fornece conectividade para as organizações públicas paraenses

          Parceiros há oito anos, a Telebras e a Prodepa, a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará, assinaram, no dia 20 de julho, um contrato de Exploração Comercial do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que prevê a instalação de 50 pontos de conexão para organizações públicas estaduais, contemplando bancos, hospitais, as Secretarias Estaduais de Educação e da Fazenda.


          O primeiro ponto, instalado em agosto, atende à agência do Banco do Estado do Pará, no município de Piçarra. Segundo a Prodepa, “o objetivo é conectar unidades do governo nos municípios ou localidades que ainda não estejam integrados a Rede Estadual de Comunicação de Dados. Atualmente são aproximadamente 40 municípios nesta condição”.


          Com essa ação, a Telebras fornece a conexão em banda larga via satélite, permitindo que o governo do Estado do Pará, por meio da Prodepa, amplie e melhore a prestação de diversos serviços públicos ofertados pelas unidades estaduais, beneficiando um maior número de pessoas. Em alguns destes pontos serão instalados acessos a Internet via rede wifi beneficiando a população de forma direta e promovendo sua inclusão digital de forma efetiva.


          Gerson Araújo, gerente do escritório regional da Telebras em Belém, ressalta que a negociação de 50 novos pontos de satélite pactuada com a Prodepa é parte da construção de soluções seguras e adequadas em telecomunicação, que no caso específico, conectará com qualidade 40 municípios do Estado do Pará. “A tecnologia inovadora implementada neste tipo de atendimento permite, a partir da conectividade, unir pessoas, difundir conteúdos, reduzir desigualdades, dar mais eficiência à gestão pública e promover novos ambientes de negócios, sempre com foco no melhor desempenho das políticas públicas e no desenvolvimento sustentável destas localidades. Essa longa parceria entre a Telebras e a Prodepa tem permitido à Telebras promover um grande avanço na sua verdadeira missão de levar internet onde ninguém mais atende nesse País, melhorando a condição de vida das pessoas e ampliando as oportunidades de negócios. Agradeço o empenho incansável e comprometido da equipe de Belém, a quem atribuo os méritos de mais este processo exitoso.”



ASCOM

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Relacionados