Retrospectiva Gesac 2019

Coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) e operacionalizado pela Telebras, o programa Governo Eletrônico Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac) atingiu o marco de 11 mil pontos conectados em apenas nove meses de operação, sendo que deste total 8.740 referem-se a escolas. Com esses números a Telebras mostrou sua alta capacidade de execução do programa.

O Gesac, por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), de propriedade da Telebras, oferece conexão à internet em banda larga para escolas, telecentros, instituições públicas de saúde e de assistência social, comunidades quilombolas, aldeias indígenas, agricultores familiares, assentamentos, unidades de conservação, sindicatos, órgãos da administração pública localizados em municípios com dificuldade de acesso à Internet em banda larga, delegacias e outros pontos de interesse estratégico.

A Telebras é responsável pela instalação e manutenção do programa em todo Brasil, contribuindo também com a operacionalização do SGDC, que é o encarregado de levar o sinal de internet para toda a extensão do nosso país, além de ser o satélite com maior capacidade e velocidade, atualmente, cobrindo todo o território brasileiro.

Projeto Acolhida

Os primeiros acessos do Gesac foram efetivados em três escolas públicas no município de Pacaraima, no estado de Roraima, fronteira com a Venezuela. O município foi escolhido em razão da necessidade do Posto de Recepção e Identificação montado pela Força-Tarefa Logística Humanitária da Operação Acolhida, que recebe e promove a interiorização de imigrantes e refugiados venezuelanos.

Brumadinho

A Telebras contabilizou um total de 22 antenas para atendimento em caráter emergencial em Brumadinho, em Minas Gerais, que auxiliaram as equipes de resgate e facilitaram o contato com hospitais e a comunicação entre parentes das vítimas do rompimento da barragem. A região contou com acesso limitado ao serviço móvel de comunicação, tendo a Telebras disponibilizado o serviço de acesso à internet via satélite de forma gratuita ao público em geral.

Milionésimo

Em maio, o programa do MCTIC com colaboração da Telebras atingiu a marca de um milhão de alunos atendidos por internet banda larga por meio do SGDC. O marco foi celebrado por uma videoconferência entre o Presidente da República Jair Bolsonaro, os ministros Marcos Pontes e Abraham Weintraub, e o presidente da Telebras, Waldemar Gonçalves, com estudantes da Escola Estadual Calunga I, que fica na zona rural de Cavalcante (GO). No colégio, os 453 alunos são atendidos pela conexão do Gesac, que fornece link de 10 Mbps por meio de capacidade em banda Ka do SGDC.

Dois milhões

A Telebras comemorou em agosto o marco de 2,5 milhões de alunos conectados. A escola estadual Professora Maria Araújo e a escola municipal Jéssica Débora de Melo Bezerra, nas cidades de Parnamirim e São Gonçalo do Amarante, ambas no Rio Grande do Norte, agora estão com conexão de internet banda larga. O evento foi celebrado por videoconferência entre Fátima Bezerra, Governadora do Rio Grande do Norte, Marcos Pontes, ministro do MCTIC, Waldemar Gonçalves, presidente da Telebras, Alexandre Mathias, representando o Ministério da Educação e outras autoridades.

 

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Relacionados