O Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) é o único satélite em banda Ka que cobre todo o Brasil.

O SGDC é um satélite extremamente avançado e imprescindível que utiliza a alta capacidade da banda Ka para ampliar a oferta de banda larga aos locais mais distantes do Brasil com internet de qualidade. Assegura a defesa e soberania nacionais e expansão da capacidade operacional das Forças Armadas, operando em banda X. O Projeto SGDC é um dos maiores projetos de telecomunicações no Brasil nos últimos 20 anos, e vai mudar a vida de todos os brasileiros, proporcionando um país conectado não só com tecnologia, educação, saúde, serviços públicos e conhecimento, mas também com cidadania, igualdade e justiça social. Isso é Telebras.

Conectando o Brasil

A Telecomunicações Brasileiras S.A. – Telebras - é fornecedora estratégica de soluções de infraestrutura de telecomunicações para prover comunicação entre os órgãos e entidades da administração pública, empresas privadas e entidades não governamentais. Atua como agente do desenvolvimento nacional, fomentando a democratização do acesso à informação. Seus 22 mil quilômetros de backbone formam uma rede terrestre moderna e com tecnologia de ponta. Chega aos locais mais remotos, reduzindo o custo de conexão, promovendo inovação tecnológica, inclusão social e digital.

O Satélite Brasileiro

O SGDC é um importante projeto de Estado, que atende a dois objetivos principais: prover comunicações seguras para o sistema de defesa nacional e para as comunicações estratégicas do Governo e promover o desenvolvimento socioeconômico do Brasil, proporcionando a todos os brasileiros um país conectado por meio da massificação da banda larga. O SGDC marca um momento histórico no país. É o primeiro satélite brasileiro concebido exclusivamente para a transmissão de dados com alta velocidade e qualidade na banda Ka, cobrindo todo o território nacional e a Amazônia Azul.

Transferência e Circulação de Conhecimento e Tecnologia

Por meio de acordo bilateral firmado com a França, a Telebras e a Agência Espacial Brasileira (AEB) elaboraram um plano de absorção e transferência de conhecimentos técnicos para dar apoio ao desenvolvimento do programa espacial brasileiro. Mais de 100 especialistas brasileiros acompanharam todo o processo de construção do SGDC, em Cannes e Toulouse, França. São profissionais da Telebras, Visiona (joint venture entre a Telebras e a Embraer), da iniciativa privada e de órgãos como Ministério da Defesa, AEB e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), vinculados ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC). Cinco empresas brasileiras firmaram contrato de subvenção econômica junto à Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e já se beneficiam do acordo de transferência de tecnologia, fruto do Projeto SGDC. Essas empresas atuarão nas áreas de propulsão; potência e painéis solares; controle térmico; estruturas mecânicas de alta estabilidade baseadas em fibra de carbono; e componentes FPGA e ASIC para aplicações espaciais embarcadas.

Alta Certificação

O design do principal Centro de Operações Espaciais (COPE) da Telebras, que abrigará um dos Data Centers para operação do satélite brasileiro, em Brasília, recebeu em agosto de 2016 a certificação TIER IV do Uptime Institute, localizado em Seattle, Estados Unidos. A classificação TIER IV é o mais alto nível de disponibilidade e confiabilidade que um datacenter pode oferecer numa instalação de missão crítica. É conhecida como Fault Tolerant (tolerante a falhas), a qual deixa o site imune a qualquer paralisação de infraestrutura. Essa certificação, conquistada pela Telebras, foi concedida de forma inédita a uma empresa do setor de telecomunicações no Brasil.

O SGDC marca um momento histórico no país

Mais de 100 especialistas brasileiros acompanharam o processo de construção na França

O futuro centro de operações espaciais em Brasília

Nossa Cobertura

O Brasil tem mais de 8,5 milhões de quilômetros quadrados de superfície territorial. A alta capacidade da banda Ka do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) vai além. Pode cobrir até 10,6 milhões de quilômetros quadrados. Isso significa atender todo o território nacional e chegar à Amazônia Azul com banda larga em alta velocidade, segura e confiável e, inclusive, mobilidade a lugares remotos e de difícil acesso.

Características do Serviço

Capacidade total de 60 Gbit/s
Disponibilidade anual garantida de 99,5%
Velocidade de Acesso de até 100 Mbit/s
5 Estações de Comunicação
2 Centros de Operações Espaciais (Brasília e Rio de Janeiro)

Benefícios

Educação

Viabiliza alta conectividade de Instituições de Ensino Superior (IES) localizadas no interior do país, e escolas de níveis fundamental e médio na zona rural e cidades do interior.

Saúde Pública e Gestão Hospitalar

Facilita que hospitais e áreas de saúde de municípios remotos no país tenham acesso às aplicações de Saúde Pública e Gestão Hospitalar amplamente utilizadas em grandes centros.

Serviços de Cidadania

Em parceria com outros órgãos da administração pública, oportuniza o acesso à internet para maior eficiência de operações da receita federal, emissão de passaportes e previdência privada dentre outros serviços.

Segurança Nacional

Além da capacidade exclusiva para as Forças Armadas na banda X, o satélite propicia uma cobertura integral para a fiscalização nas fronteiras brasileiras, inclusive das unidades remotas militares pela banda Ka.

Segurança nas Rodovias

Oportunidade de conectar postos de fiscalização nas rodovias brasileiras, permitindo que o acesso em tempo real amplie os sistemas de controle e monitoramento de eventos nas estradas.

Desenvolvimento Econômico

Indústrias e comércio situados no interior ou regiões periféricas às grandes capitais tem possibilidade de contar com alta capacidade de infraestrutura de comunicação e, com isso, se amplia a competitividade e o desenvolvimento econômico nacionais.

Sistema Bancário

Torna viável soluções de conectividade para os bancos e os respectivos terminais de autoatendimento no território nacional.

Agronegócio

Possibilita que grandes e médias propriedades rurais produtivas contem com o serviço de satélite para infraestrutura e ampliação do uso de tecnologias de agricultura de precisão.

Amazônia Azul

Ampla oportunidade de conectividade para plataformas petrolíferas e centros de pesquisa e defesa, localizados em ilhas ao longo das 200 milhas náuticas.

Cidades Inteligentes

Facilita a conexão de dispositivos inteligentes à nuvem (IoT e M2M) de forma isonômica no território nacional, assim como a interconexão de secretarias e serviços públicos, viabilizando Cidades Inteligentes em diversos municípios brasileiros.

Massificação do Acesso Internet

Com cobertura em 100% do país, o satélite é uma ótima oportunidade para as operadoras de celular potencializarem seu backhaul e o atendimento a clientes com as tecnologias 3G, 4G e, futuramente, 5G.

Wi-Fi Social

O SGDC, associado à rede terrestre, amplia significativamente a oportunidade às prefeituras para a instalação do Wi-Fi Social, ou seja, uma rede local de comunicação sem fios para uso público e gratuito pelos cidadãos.

Segurança Pública

O satélite abre um leque de novas oportunidades para ampliar a segurança dos cidadãos, dinamizando os acessos para câmeras públicas de vigilância, e contribuindo para novas soluções para as forças policiais por meio da tecnologia.

Monitoramento e Previsão de Eventos Naturais

Além de serviços de acesso à internet, permite que os órgãos de defesa civil conectem sensores de monitoramento e obtenham informações em tempo real que venham a garantir maior segurança na prevenção de eventos naturais.

Parceria com ISPs

Possibilita que a Telebras promova parcerias com pequenos e médios provedores de internet (ISPs) para venda de conexão, o que, consequentemente, contribui para o desenvolvimento das regiões mais carentes e para a inclusão de novos cidadãos à internet no território nacional.

Percebeu os benefícios do SGDC para as Políticas Públicas, Segurança, Educação e diversos segmentos de negócios no mercado?

Serviços

O satélite brasileiro foi planejado para oferecer a capacidade certa de infraestrutura de conectividade em alta velocidade para todos os órgãos de governo (Federal, Estadual, Municipal e do Distrito Federal), empresas, provedores e entidades não governamentais. Aproveite as oportunidades e facilidades que oferecemos, porque em tecnologia o Governo e o mundo dos negócios merecem o melhor.

CONEXÃO VIA SATÉLITE
INTERNET
VIA SATÉLITE
Conecte seu negócio à internet em alta velocidade em qualquer lugar do território nacional.
Velocidades superiores a 10 Mbit/s
Suporte a IPv4 e IPv6 Support
Solução anti-DDoS integrada
REDE MPLS
SATELLITE
Conecte suas filiais e escritórios em uma rede privativa, integrando aplicações de dados, voz e vídeo.
Integração de aplicações de dados, voz e vídeo
Integração total com sua rede terrestre
Até 5 classes de serviço (CoS)
REDE DE CONTINGÊNCIA
VIA SATÉLITE
Mantenha a continuidade de seu negócio frente a eventos inesperados, pagando uma tarifa mensal reduzida.
Rede totalmente independente
Tarifa mensal reduzida
Pague somente o que exceder a franquia

SIG Quadra 04, Lotes 075, 083, 125 e 175 - Bloco A - Salas 201, 202, 214 a 224
Edifício Capital Financial Center - Brasília/DF - CEP: 70610-440 - Telf: (61) 2027-1000