MCom e Telebras aumentam capacidade satelital no Rio Grande do Sul

Muçum, um dos municípios mais devastados pelo ciclone ganha reforço na comunicação. Ao todo, são 14 antenas instaladas no Estado

 

O município de Muçum passa a contar com quatro antenas transportáveis (T3SAT) para acesso internet pelo sistema de comunicação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) para ajudar os trabalhos da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul. Ao todo, agora são 14 antenas instaladas pela Telebras e pelo Ministério das Comunicações (MCom) para conexão banda larga no atendimento aos municípios mais atingidos pelas fortes chuvas no Estado. Cada antena oferece acesso à internet na velocidade de 40 Mbps de download e 4 Mbps de upload.

 

Muçum já contava com uma antena instalada na sede da prefeitura e outra na base da Emater, onde está instalado o comitê local das operações de resgate. A 14ª antena instalada pela Telebras e MCom passa a atender o Instituto-Geral de Perícias (IGP) da cidade, que atua na liberação de documentos das vítimas que perderam a vida pela enchente na cidade.

 

Devido ao estado crítico do município, uma antena que se encontrava em Arroio do Meio foi transferida para Muçum, a pedido das autoridades locais. Esta é a quarta antena transportável do município, instalada na Policlínica Militar de Porto Alegre, uma espécie de Hospital de Campanha do Exército que passou a funcionar para atendimento à população local.

 

Para o presidente da Telebras, Fred Siqueira Filho, “a empresa continuará determinada a apoiar, ao máximo, o trabalho das forças-tarefas dos municípios e da população afetada pelas chuvas até que se tenha a normalidade da situação”.

 

COMITÊ – O MCom montou um grupo de crise, em caráter emergencial, para acompanhamento da situação dos locais afetados pelos desastres naturais na Região Sul. O comitê vai emitir boletins diários sobre a situação dos locais afetados e atendidos pelo Governo Federal, com base nos quais serão planejadas e executadas as próximas medidas.

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Relacionados