Satélite Geoestacionário beneficiará segurança nacional e banda larga, diz ministro

8 de fevereiro de 2017

por Portal Brasil
sgdc

Os investimentos destinados ao projeto são da ordem de R$ 2,1 bilhões

Lançamento está previsto para março deste ano. Projeto conta com parceria dos ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Defesa

O Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), previsto para ser lançado em 21 de março, na Guiana Francesa, deve trazer contribuições para a realização de políticas públicas no segmento da segurança nacional e aos serviços prestados pela Telebras.

O projeto, que possui parceria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações com o Ministério da Defesa, deve melhorar a fiscalização dos 17 mil quilômetros de fronteira do Brasil com 10 países sul-americanos.

Além disso, a iniciativa visa estender o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), a todo o território nacional, além de beneficiar o setor aeroespacial. Os investimentos destinados ao projeto são da ordem de R$ 2,1 bilhões.

“Com o SGDC, o Brasil ganha qualidade na prestação dos seus serviços, seja ao dar mais eficiência ao sistema de segurança nacional, seja ao levar mais condições de banda larga para todos os cidadãos, em suas atividades pessoais ou profissionais”, destacou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, em visita ao Comando de Operações Aeroespaciais (Comae), da Força Aérea Brasileira (FAB), nesta quarta-feira (8).

Com a iniciativa, o Brasil passará a fazer parte do seleto grupo de países que contam com seu próprio satélite geoestacionário de comunicações, diminuindo a necessidade de alugar equipamentos de empresas privadas, o que vai gerar uma economia significativa aos cofres públicos e maior segurança em suas comunicações.

Fonte: Portal Brasil, com informações do MCTIC

Thales Alenia Space prepares to ship Brazil’s SGDC satellite

7 de fevereiro de 2017

By Air Cosmos Internacional

http://www.aircosmosinternational.com/upload/28/pics/2017/02/web/58999cb0b2b14.jpeg

SGDC satellite. © Thales Alenia Space

Thales Alenia Space is preparing to ship Brazil’s dual-use (civil/military) Geostationary Defence and Strategic Communications Satellite (SGDC) to the Kourou launch pad in French Guyana to be launched by an Ariane 5 in March.

Thales Alenia Space signed the SGDC contract with Visiona (a joint venture between Embraer and Telebras) at the end of 2013. The programme plays a key role in the Brazilian Space Agency’s Space (AEB) development plan, while also addressing the strategic requirements of the Ministry of Defence.

Based on the Spacebus 4000 platform, the SGDC satellite will carry two payloads, one with 50 Ka-band transponders offering throughput of up to 80 Gbps, and the other with seven X-band transponders. The satellite will weigh about 5.8t at liftoff, and will offer more than 11kW of power. It will be positioned in orbit at 75 degrees West.

The SGDC programme is an integral part of Brazil’s strategy to reinforce its independence and sovereignty. It is designed to meet two main objectives: the implementation of a secure satellite communications system for the Brazilian armed forces and government; and support for the deployment of the National Broadband Plan (PNBL), coordinated by Telebras as operator, which aims to reduce the digital divide in the country.

The Brazilian Space Agency and Thales Alenia Space also signed a Memorandum of Understanding (MoU) concerning technology transfer in support of the development of Brazil’s own space programme. As part of this effort, Thales Alenia Space has established a unit at the San José dos Campos technology park in Brazil, to work more closely with its local customers and partners.

The contract also includes a complete ground segment for satellite and mission control, along with orbital positioning, acceptance testing in orbit and operational support, preceded by a comprehensive training programme for Brazilian operators.

Matéria disponível em: http://www.aircosmosinternational.com/thales-alenia-space-prepares-to-ship-brazil-s-sgdc-satellite-89565

Satélite da Telebras (SGDC) foi destaque no Jornal Nacional, nesta quinta-feira (1/12)

2 de dezembro de 2016

Confira a reportagem que o Jornal Nacional, da Rede Globo, veiculou na quinta-feira (1/12) sobre o projeto histórico para o Brasil na área de telecomunicações: o Satélite Geoestacionário Brasileiro de Defesa e Comunicações Estratégicas – SGDC.

O Presidente da Telebras, Antonio Loss, acompanhou a comitiva em Cannes, na França, com o Ministro da Defesa, Raul Jungmann.

Continue Lendo →

Telebras terá satélite geostacionário

29 de setembro de 2011

A Telebras participa de um Grupo de Trabalho que vai elaborar as especificações técnicas para a integração de um satélite geoestacionário com lançamento previsto para 2014. O trabalho que envolve também o Ministério da Defesa, a Agência Espacial Brasileira e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), conta com o aval da presidente Dilma Rousseff. O tema foi tratado em reunião realizada no Palácio do Planalto na última segunda-feira (26.09). Continue Lendo →