Telebras participa do Encontro Nacional de Provedores Regionais 2018 da Abrint

8 de junho de 2018

Maior encontro do setor na América Latina aconteceu em São Paulo e encerrou nesta quinta-feira (7) com a presença de mais de 100 expositores e uma agenda que abordou as principais questões do mercado de telecomunicações

A abertura oficial foi na última terça-feira (5) e contou com a presença do diretor Técnico-Operacional da Telebras, Roberto Pinto Martins e do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. O evento, que é realizado anualmente em São Paulo (SP), reuniu representantes do setor e do poder público para discutir os principais desafios para a expansão do acesso à banda larga no país.

Celebrando 10 anos, Abrint debateu as questões regulatórias e o programa Internet para Todos no Encontro Nacional de Provedores. No ano em que comemora uma década de existência, a Associação Brasileira dos Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) realiza também a décima edição do Encontro Nacional de Provedores Regionais, o maior evento do setor na América Latina. O encontro, que aconteceu no Centro de Convenções Frei Caneca, teve público superior a 6 mil presentes ao longo dos três dias de apresentações. Entre os principais assuntos em debate nos workshops foram abordados os desafios regulatórios e tributários (como a correta tributação sobre os serviços de telecomunicações e SVA), os impactos do fim da concessão da telefonia e o programa Internet para Todos, dentre outras questões de relevância para o universo de milhares de Internet Service Providers (ISPs).

Para o presidente da Telebras, Jarbas Valente, a Abrint representa uma oportunidade de conhecimento e expansão de negócios. “É o encontro em que falamos diretamente com nosso público, nossos clientes. A cada edição nossas equipes de vendas de São Paulo, especialmente, e de Brasília, que dá suporte nos dias de evento, agregam novidades e aprendizado adquiridos nos debates. Além disso, os horizontes sempre se ampliam em meio a expositores e conhecedores do assunto, que fazem o encontro ser um sucesso há uma década”, diz Valente.

Abrint Mulher

O evento contou, ainda, com mais um workshop da Câmara Abrint Mulher, iniciativa idealizada por quatro diretoras da entidade, cujo objetivo é estimular as melhores práticas de gestão e fortalecer a participação feminina no setor de telecomunicações. Durante o Encontro Nacional serão debatidas questões de igualdade de gênero no mercado corporativo.

Dez anos de Abrint

Cerca de 100 pessoas compareceram no primeiro Evento para Provedores, realizado pouco após a fundação da Abrint, há dez anos. Desde então, o encontro cresceu exponencialmente até atingir os 6 mil presentes na última edição – assim como os provedores ampliaram sua participação no mercado e a internet no Brasil deu um salto no qual a participação dessas empresas foi fundamental. Segundo dados da Associação, em 2008, apenas 18% dos domicílios brasileiros possuíam acesso à internet. Cerca de dez anos depois, essa proporção aumentou para 54%, segundo dados divulgados pelo 12º relatório TIC Domicílios, elaborado pelo Cetic.br.

Clique abaixo e assista a alguns trechos do pronunciamento do diretor Técnico-Operacional, Roberto Pinto Martins, na abertura da ABRINT – 2018, nesta terça-feira (5)

 

 

 

Max participa de comitiva presidencial em São Paulo

15 de fevereiro de 2018

Max participa de comitiva presidencial em São Paulo

O presidente da Telebras, Maximiliano Martinhão, acompanha, nesta quinta-feira (15), em São Paulo, a comitiva do presidente da República, Michel Temer e do Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

Eles estão na capital paulista para conhecer as obras da nova fonte de luz síncrotron, Sirius, um projeto do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM).  Há pouco foi realizada uma dinâmica com as autoridades.

O Projeto Sirius

Sirius, a nova fonte de luz síncrotron brasileira, será a maior e mais complexa infraestrutura científica já construída no País e uma das primeiras fontes de luz síncrotron de 4ª geração do mundo. É planejada para colocar o Brasil na liderança mundial de produção de luz síncrotron e foi projetada para ter o maior brilho dentre todos os equipamentos na sua classe de energia.

Roadshow do SGDC pavimenta o caminho dos interessados em participar do Chamamento Público de capacidade em banda Ka do satélite brasileiro

4 de agosto de 2017

Roadshow do SGDC da Telebras, em Nova Iorque, nesta sexta-feira, 04/07 (Foto: Mónica Félix)

Nova Iorque, 04 de agosto – Os resultados positivos verificados com o roadshow após o encerramento de sua terceira e última edição, que ocorreu no final da tarde do dia 04 de agosto, em Nova Iorque, EUA, demonstram que a Telebras está no caminho certo ao apresentar às operadoras, investidores e empresas do setor de telecomunicações via satélite as oportunidades de negócios relacionadas à cessão de capacidade em banda Ka do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, o SGDC.

Após a publicação do Edital de Chamamento Público nº 02/2017 em 14 de julho, a iniciativa de promover as três edições do roadshow, a primeira em São Paulo (27 de julho), a segunda em Londres (01 de agosto), e a terceira em Nova Iorque (04 de agosto), se deu visando promover um amplo debate e esclarecimentos de dúvidas sobre o modelo de seleção de empresas parceiras para prestação de serviços de telecomunicações utilizando a capacidade do SGDC. A oferta pública de capacidade é um processo transparente e isonômico para alcançar os objetivos da Telebras, do projeto SGDC e do Programa Nacional de Banda Larga, o PNBL.

Ao todo, cerca de 120 executivos de 30 empresas convidadas participaram de modo presencial ou por meio de acesso remoto das apresentações realizadas pela comitiva da Telebras para demonstrar a importância e relevância da capacidade do SGDC no mercado brasileiro.

Presidente interino da Telebras, Jarbas Valente (Foto: Divulgação)

Na primeira edição do roadshow, em São Paulo, representantes da Telebras, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério do Trabalho esclareceram aspectos relevantes do procedimento aos interessados. Foram inúmeras perguntas e contribuições recebidas das diversas operadoras, provedores de serviços e empresas fornecedoras de equipamentos e de consultoria, no evento aberto pelo Ministro Gilberto Kassab.

Logo em seguida, nas edições internacionais do roadshow, em Londres e em Nova Iorque, foi possível confirmar o interesse das empresas estrangeiras, esclarecendo os procedimentos contidos no Edital e seus anexos.

O presidente interino da Telebras, Jarbas Valente, abriu a série de apresentações em Londres e Nova Iorque, traçando o perfil do mercado brasileiro de telecomunicações, descrevendo o crescimento do número de acessos à internet no Brasil, bem como a perspectiva de oferta de banda larga por meio do SGDC. “Saímos desse roadshow com a certeza de que avançamos significativamente no entendimento, pelos interessados, dos documentos que compõem esse Chamamento Público”, ressalta Jarbas Valente.

O diretor de Banda Larga do MCTIC, Artur Coimbra, apresentou o cenário de infraestrutura de banda larga no Brasil, destacando o potencial de demanda existente para serviços de telecomunicações em banda larga via satélite, “a qual o SGDC se propõe a atender”.

José Franco de Morais, subsecretario de Divida Pública do Tesouro Nacional, representando o Ministério da Fazenda, apresentou, em Nova Iorque, o panorama atual da economia brasileira, enfatizando as iniciativas do governo para melhorar os fundamentos macro e microeconômicos, visando a retomada do crescimento econômico do país.

As principais dúvidas jurídicas acerca do chamamento público puderam ser esclarecidas nas apresentações da gerente jurídica da Telebras, Isabel Luiza dos Santos, e do advogado, Marcelo Lindoso Baumann. Para Isabel, “após a consulta pública, a documentação do Chamamento Público foi aperfeiçoada, majorando a segurança jurídica para todos os atores envolvidos no procedimento”. Marcelo acrescenta que “além das questões técnicas e comerciais, o roadshow foi importante para reduzir as inseguranças dos interessados sobre o Chamamento Público, o PNBL e o SGDC”.

Responsável pelo detalhamento do Chamamento Público, o gerente de Tecnologia e Soluções Satelitais da Telebras, Bruno Henriques, detalhou minuciosamente as etapas do procedimento, desde a fase de apresentação das propostas comerciais, até a análise da documentação e adjudicação da empresa vencedora, de ambos os lotes, 1 e 2.

Além dos representantes da Telebras e dos Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, da Fazenda e do Trabalho, participaram das edições do roadshow, de modo presencial ou remoto, as seguintes empresas: Advantech, AOneSat, BT, Claro, Comsys, Echostar, Ellalink, Embratel, Gilat Satellite Networks, Hispamar, Hughes, Intelsat, Media Networks, Mundie Advogados, Newtec, Oi, Padtec, SES Mobility, Star One, TIM, Thales Group, Thales Alenia Space, Telefonica, Telefonica International Wholesales, Telespazio, Telesat, ViaSat, Visiona e Yahsat.

Campus Party Brasil termina com mais de 750 horas de atividades

6 de fevereiro de 2017

A décima edição da Campus Party Brasil terminou ontem, após mais de 750 horas de atividades que aconteceram em 10 palcos diferentes. Entre os nomes de destaques deste ano estiveram o cofundador da Netflix Mitch Lowe, a cientista brasileira Duilia F. de Mello, o muralista Eduardo Kobra e o desenvolvedor de games Grayson Chalmers.

Continue Lendo →