Telebras levou internet à Campus Party de Natal

16 de abril de 2018

Evento encerrou domingo e recebeu 2 mil campuseiros e mais de 40 mil visitantes na Open Campus, em mais de 250 horas de atividades

O Centro de Convenções, em Ponta Negra/RN, abrigou a primeira edição da Campus Party Natal, maior experiência tecnológica do mundo, que reuniu, em cinco palcos, especialistas nacionais e internacionais de temas como ciência, tecnologia, empreendedorismo, cultura maker e arte multimídia, além de oferecer atividades como hackathons, workshops, entre outros. O evento encerrou no domingo, 15 de abril

Com o apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Prefeitura Municipal do Natal e em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Telebras e Use Telecom, o evento teve como eixo principal a temática aeroespacial. “Trouxemos para Natal os principais nomes brasileiros e internacionais ligados ao tema aeroespacial. Além disso, tivemos iniciativas pioneiras no evento como o Hackathon Data4Good,  que visa reunir grupos de pessoas em busca de soluções para problemas sociais e com mentoria do grande cientista de dados, Ricardo Cappra”, explica Tonico Novaes, diretor-geral da Campus Party Brasil.

Além do Data4Good, a Campus Party Natal teve um desafio da Justiça Federal chamado Justiça na Ponta dos Dedos, com o objetivo de criar soluções inovadoras em prol da melhoria e bem-estar da sociedade. Outra maratona hacker aguardada em Natal foi o RN Digital. Promovido pelo Governo do Rio Grande do Norte, a ideia foi otimizar a vida dos cidadãos. Informações e inscrições no site: http://brasil.campus-party.org/cpnatal/hackathons/.

Em cinco dias o evento recebeu cerca de 40 mil visitantes, sendo 2 mil campuseiros acampados que não perderam nada nas mais de 250 horas de conteúdos e atividades que aconteceram 24 horas por dia, além de contar uma internet de altíssima velocidade equivalente a 20 GPBs. Os campuseiros puderam participar de hackathons, workshops e se divertir nas áreas de games e simuladores.

A #CPJerimum ocupou todo o Centro de Convenções. Nele, estavam instalados o palco principal, que recebeu personalidades como o primeiro astronauta brasileiro a ir ao espaço, Marcos Pontes; o estudante mais jovem a vencer um concurso mundial promovido pela NASA, João Paulo Barrera; Dra. Rosaly Lopes, brasileira que atualmente analisa os dados da Missão Cassini – que explorou o planeta Saturno e suas Luas; Jon “Maddog” Hall, membro do Linux Professional Institute; Gabe Gabrielle, engenheiro, educador e palestrante motivacional da NASA; Marcos Palhares que será o representante brasileiro da empresa pioneira em turismo espacial – Virgin Galactic; Rodrigo Fernandes, criador do blog Jacaré Banguela; e outros quatro palcos – “Games & Creativity”, “STEAM”, “Coders/Makers” e Entrepreneurs & Startups”- onde palestrantes que são  referência em suas áreas irão debater temas como inovação, empreendedorismo, ciências, design, games, etc.

Além disso, o evento abrigou a Primeira Corrida Ciborgue, com a utilização de baratas reais – que foram transformadas em robôs – e com a utilização de componentes nacionais; e o lançamento ao vivo de um foguete que foi transmitido diretamente do Centro de Lançamento e Rastreio do Brasil (CLBI), com a escuta das comunicações de rádio entre os operadores, contagem regressiva e demais procedimentos.

Include

Entre os legados que a Campus Party deixa a o Estado está a criação de 10 laboratórios de robótica. “Os espaços fazem parte do projeto chamado Include, que consiste na criação e montagem de laboratórios de robótica para aproximar jovens (menores de 18 anos) moradores de comunidades carentes da tecnologia e que tem como objetivo, identificar talentos dentro de comunidades menos favorecidas do país, criar vias para que possam estudar em escolas especiais, encaminhá-los ao mercado de trabalho para que saiam com emprego após a participação no programa e, mais do que isso, prepara-los para que consigam levar soluções para a própria comunidade usando a tecnologia, sem depender da ajuda externa”, explica Francesco Farruggia, presidente do Instituto Campus Party.

Campus Party Brasília: É fundamental criar infraestrutura de Internet para aqueles que vão fazer o futuro, afirma o Diretor Técnico-Operacional da Telebras, Jarbas Valente

14 de junho de 2017

 

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (14/6) a coletiva de imprensa que antecedeu a abertura da Arena da Primeira Campus Party Brasília (CPBSB), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, elogiou a agilidade da Telebras na prestação do serviço fundamental para a realização da Campus Party: a Internet. “Para se ter uma ideia, se você quer subir, postar um vídeo na internet de sua casa, demora sete, oito horas. Aqui a gente faz em sete minutos”, declarou Farruggia. “Um evento assim, sem Internet, não existe”, acrescenta.

Continue Lendo →

Campus Party Brasília começa hoje com mais de 250 horas de atividades

Com ingressos esgotados, #CPBSB deve receber 4 mil campuseiros
e mais de 40 mil visitantes na Open Campus

Continue Lendo →

Começa nesta quarta-feira (14/06) a primeira Campus Party em Brasília

12 de junho de 2017

Telebras vai fornecer internet de alta capacidade durante os cinco dias de evento.
Mais de 4 mil campuseiros já confirmaram presença

Continue Lendo →