Ministro Marcos Pontes formaliza apresentação do novo Presidente da Telebras, Waldemar Gonçalves

14 de fevereiro de 2019

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Astronauta Marcos Pontes, formalizou no final da manhã desta quinta-feira, 14, a apresentação do novo presidente da Telebras, Waldemar Gonçalves Ortunho Junior. O auditório do bloco C do edifício Capital Financial Center estava repleto de autoridades militares, do Governo, do setor de telecomunicações, além de parlamentares, secretários, assessores e dirigentes dos órgãos vinculados ao MCTIC, colaboradores da Telebras e familiares do novo presidente.

O presidente Waldemar Gonçalves agradeceu ao amigo e Presidente da República, Jair Bolsonaro, “por lutar por mudanças, mesmo contra inimigos poderosos, o que quase lhe tiraram a vida”. Se dirigindo ao ministro, afirmou que estar na presidência da Telebras é uma oportunidade ímpar de ajudar o país, especialmente o brasileiro mais isolado, que não tem acesso à internet, por viver numa região que economicamente não é viável às operadoras de telefonia celular. E completou: “A C&T, neste governo, é uma ferramenta que tem que ser usada para melhorar a vida da população. Este será nosso Norte em todas as decisões. Temos que levar tecnologia e inovação para mudar a vida do cidadão, é para isso que estamos aqui, hoje”.

Percurso de certezas e incertezas

Waldemar Gonçalves rememorou a trajetória de trabalho desenvolvido desde abril de 2018, época de atuação no Grupo de Brasília em Apoio ao governo Bolsonaro. A equipe era pequena, mas vivia cercada de “certezas e incertezas, expectativas, alegrias e decepções, momentos de euforia”, sempre em meio a diversas reuniões. “Tudo levava a um desgaste psicológico grande, mas em momento algum tivermos dúvidas do nosso objetivo final, que era um Brasil melhor para todos”, acrescentou.

Já como coordenador da equipe do MCTIC na equipe de transição para o novo governo, Waldemar Gonçalves viveu um trabalho intenso nessa nova etapa, quando recebeu o convite do ministro Astronauta Marcos Pontes para presidir a Telebras.

“Foi uma experiência de vida única, que não tem preço; tínhamos a responsabilidade de levantar as informações necessárias para a nova gestão do Ministério. Tivemos um trabalho extenuante, de muita responsabilidade, mas altamente gratificante pelo fato de participarmos de forma ativa da escrita de uma nova página da história de nosso país. Recebi esse convite para a Telebras. Sabia que poderia contribuir com meu conhecimento técnico e experiência, mas, justamente por isso, tinha a consciência do tamanho do desafio que teria pela frente”, relata Waldemar Gonçalves.

Em seu pronunciamento, destacou a recriação da Telebras, em 2010, com a missão de fornecer soluções de telecomunicações seguras e com qualidade para o desenvolvimento nacional e a redução das desigualdades sociais. Frisou que “o importante desta missão pode ser resumido em colocar a tecnologia para melhorar a vida dos brasileiros, levando uma conexão internet em banda larga a 40 milhões de pessoas que vivem em regiões totalmente desconectadas do mundo”.

“Temos essa nobre missão, de levar inclusão digital e social a essas pessoas. É isso que a família Telebras terá em sua meta, é esse o espírito que queremos incorporar em todos os colaboradores da empresa, em todos os níveis da estrutura organizacional, independentemente da posição ocupada. Os senhores não imaginam o que é ver o brilho nos olhos das crianças em seu primeiro acesso à internet, nos diversos laboratórios de informática que hoje são beneficiados por uma ação denominada Gesac”, completou.

Visivelmente emocionado, o novo presidente da Telebras relembrou as soluções de comunicação, via satélite, disponibilizadas rapidamente pela empresa para ajudar a comunidade de Brumadinho, assombrada pela tragédia decorrente do rompimento da barragem da Vale, ocorrido no dia 25 de janeiro. “Pudemos mostrar nossa importância e capacidade de pronto atendimento ao Brasil, infelizmente o momento não era o desejado. Em função das proporções do desastre, disponibilizamos 22 pontos de internet  banda larga, com velocidade de 20 Mbps por acesso Wi-Fi às equipes da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros, ao Centro de Controle de Crise, em seus pontos centrais, em posições de trabalho em campo e também para a população sofrida, que estava desesperada em busca de informações sobre seus amigos e familiares desaparecidos. Tudo isso foi possível graças ao espírito profissional e de solidariedade de nossos técnicos e pela eficiência de nosso Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), capaz de atender imprevistos, às necessidades do governo e também de levar alegria a milhões de brasileiros, com acesso à internet”, disse ele.

Ao concluir seu pronunciamento, Waldemar Gonçalves lançou um olhar para o futuro da Telebras: “Temos muitos outros projetos. Queremos implantar novas parcerias, empreender novos ritmos com metas atingíveis e consolidar o nome da Telebras no mercado brasileiro como uma empresa lucrativa, voltada aos interesses do Brasil, atuando de forma ágil e eficaz nos momentos críticos e estratégicos, levando um serviço seguro e de qualidade, cobrindo as áreas onde as operadoras comerciais não atendem”, finalizou.

“Precisamos oferecer meios para que o Brasil se conecte como um todo”

O pronunciamento do ministro Astronauta Marcos Pontes foi cercado pelo habitual improviso, com histórias repletas de humanidade, bom humor, otimismo, motivação e determinação, sobretudo quando narra a experiência vivida em 2006, quando partiu e retornou da Estação Espacial Internacional (ISS), a bordo da nave russa Soyuz. Marcos Pontes ficou conhecido no Brasil e no mundo como o primeiro e único engenheiro e astronauta brasileiro a ir para o espaço. Durante 40 anos de carreira, Pontes foi aviador, piloto de caça e seguiu carreira militar, chegando ao posto de tenente-coronel.

Para o ministro, será preciso muita comunicação, no sentido amplo, para se estabelecer laços sociais. “A comunicação tem papel fundamental no futuro da humanidade”, disse.

Ao abordar ideais frente ao MCTIC, o Astronauta Marcos Pontes destacou o orgulho em ter a Telebras vinculada ao seu ministério, enaltecendo a “importância de patriotismo e ajuda em resolver problemas em situação crítica” ao se referir ao desastre ocorrido em Brumadinho.

Sempre quando define suas prioridades frente à pasta, Marcos Pontes associa a Educação à Ciência e Tecnologia como as pernas de um tripé para a sustentabilidade do país. “E a Telebras tem que estar junto”, acrescentou.

Elogiou o esforço  que a Telebras tem desenvolvido no sentido de prover conexão nas regiões mais remotas e carentes, para que o povo tenha uma melhor qualidade de vida: “Precisamos oferecer os meios para que o país se conecte como um todo”, enfatizou, salientando que não se trata de tarefa fácil, mas que “a gente gosta de desafios grandes, de encarar mudanças, de transformar esse país”.

O ministro elogiou a decisão do Presidente Bolsonaro em formar os ministérios por escolhas técnicas. Revelou que também teve a oportunidade de escolher todo o seu secretariado por critérios técnicos, e que Waldemar Gonçalves faz parte dessas escolhas técnicas, e que “ele fará muito pela Telebras”.

“Conto com ele e com a atitude de cada um para mudarmos esse país. Sucesso a cada um de vocês, ao presidente da Telebras e ao nosso Brasil”, concluiu ele.

 

 

 

 

 

 

COMUNICADO À IMPRENSA

4 de fevereiro de 2019

Com base nas notícias veiculadas nesta segunda-feira, 4, sobre o pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), pela suspensão do acordo firmado entre a Telebras e a Viasat, a Telebras esclarece:

A empresa ainda não foi intimada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mas reforça que a escolha da parceira Viasat foi feita com base legal, de forma transparente e idônea. O Tribunal de Contas da União (TCU) confirmou a legalidade do contrato de parceria entre a Telebras e a Viasat no dia 31 de outubro de 2018, e determinou alguns ajustes em cláusulas econômicas, o que foi feito pela Telebras e protocolizado naquele Tribunal no dia 1º de fevereiro de 2019, conforme o “Fato Relevante” publicado pela empresa na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nessa mesma data.

Balanço da Telebras revela 22 pontos de internet gratuita em Brumadinho e 300 GB de voz e dados trafegados

1 de fevereiro de 2019

Após uma semana de atividades no apoio às autoridades civis e militares no trabalho de resgate e salvamento de vítimas do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, a Telebras contabiliza o total de 22 antenas, por meio da oferta de serviços de comunicações satelitais com redes de acesso sem fio WiFi de 20 Mbps cada, providos pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), utilizando a banda Ka, que cobre toda a região.

Desse total, nove pontos se referem à conexão internet em banda larga ativadas dentro programa Gesac em escolas municipais de ensino fundamental e escolas estaduais de ensino médio da região. Esses pontos ficarão em definitivo, mas, no momento, também se direcionam para reforço no atendimento às autoridades e à comunidade local. Nesses sete dias de comunicação interna na região, trafegaram pela rede WiFi, via SGDC, mais de 300 GB de voz e dados.

Desde o final da tarde dessa quinta-feira, 31, a Telebras ativou o atendimento às famílias das vítimas na Estação do Conhecimento, em Brumadinho, e à Comunidade Parque das Cachoeiras, próximo dali, para disponibilizar comunicação rápida à Defesa Civil e à população local.

Nesses sete dias de buscas por vítimas do rompimento da barragem da Vale, nove profissionais, entre engenheiros e técnicos da Telebras vêm atuando incansavelmente em Brumadinho para viabilizar a conectividade do serviço de internet rápida e gratuita via WiFi ao Comando Central de Operações, às Polícias Federal e Militar de Minas Gerais, à Força Aérea, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, aos militares israelenses no apoio às operações de campo, ao serviço de cadastramento das famílias necessitadas e à comunidade na região.

A Telebras demonstra seu compromisso com o Brasil e com os brasileiros, se associando ao esforço humanitário na tragédia ocorrida em Brumadinho, e atendendo sua função social de levar internet de alta velocidade e qualidade nos lugares mais necessitados.

Confira, a seguir, o atendimento da Telebras com internet rápida e gratuita na região de Brumadinho:

Atendimento da Telebras com internet rápida e gratuita
Comando Central de Operações
Defesa Civil Nacional
Centro de Comando dos Bombeiros
Centro de Comando de Israel
Polícia Federal
Polícia Militar de Minas Gerais
Força Aérea
Estação do Conhecimento – Atendimento às Famílias
Posto Avançado dos Bombeiros – Córrego do Feijão
Operações de Campo – Israel
Operações de Campo – Bombeiros
Comunidade Parque das Cachoeiras
Brumadinho – cadastramento das famílias necessitadas

Telebras’ Balance reveals 22 sites with free internet in Brumadinho and 300 GB of voice and data transmitted

After a week of activities in support of civilian and military authorities in the rescue and relief work of victims of the collapse of the Vale dam in Brumadinho, Telebras counts the total of 22 antennas for the provision of satellite communications services by means of wireless access networks with WiFi of 20 Mbps each, provided by the Geostationary Satellite of Defense and Strategic Communications (SGDC), using the Ka band, which covers the entire region.

Of this total, nine sites refer to the broadband internet connection activated within Gesac program in municipal primary schools and state secondary schools in the region. These sites will be definitive, but, at the moment, they are also directed towards strengthening the service to the authorities and the local community. In these seven days of internal communication in the region, more than 300 GB of voice and data were transmitted over the WiFi network via SGDC.

Since late Thursday afternoon, 31, Telebras has activated the service provided to the families of the victims at the Knowledge Station (Estação do Conhecimento) in Brumadinho and to the nearby Parque das Cachoeiras Community Waterfalls Park (Parque das Cachoeiras) to render fast communication to the Civil Defense and the local population.

During these seven days of searching for victims of the collapse of the dam, nine professionals, among engineers and technicians of Telebras, have been working tirelessly in Brumadinho to enable the connectivity of the free wireless internet service via WiFi to the Central Operations Command, the Federal Police and Military Police of Minas Gerais, to the Air Force, Fire Brigade, Civil Defense, the Israeli military in support of field operations, the service of registration of needy families, and the community in the region.

Telebras restates its commitment to Brazil and the Brazilians, joining the humanitarian effort in the tragedy that occurred in Brumadinho, and responding to its social function of bringing high-speed and high-quality internet in the most needy places.

Check below, the Telebras service with fast and free internet in the region of Brumadinho:

Telebras service with fast and free internet

Central Operations Command

National Civil Defense

Fire Department Command Center

Israel Command Center

Federal Police

Military Police of Minas Gerais

Air Force

Knowledge Station (Estação do Conhecimento) – Assistance to Families

Fire Department Outpost – Córrego do Feijão

Field Operations – Israel

Field Operations – Firefighters

Community Waterfalls Park (Parque das Cachoeiras)

Brumadinho – registration of families in need

Telebras protocola no TCU Termo Aditivo ao Acordo de Compartilhamento de Receitas celebrado com a Viasat

A Telebras protocolou na sede do Tribunal de Contas da União (TCU), na manhã desta sexta-feira, 1, o Termo Aditivo, celebrado com a Viasat no dia 31 de janeiro de 2019, referente ao Acordo de Compartilhamento de Receitas de Capacidade Satelital.

A medida se deu em decorrência das determinações constantes no Acórdão do TCU nº 2488/2018, proferido no Processo TC 022.981/2018-7, em 31 de outubro de 2018, envolvendo a renegociação de cláusulas de participação entre as duas empresas.

A Telebras reafirma sua missão, garantindo comunicações seguras e estratégicas, oferecendo uma alternativa em internet para o governo brasileiro.

Telebras amplia o acesso à internet gratuita em alta velocidade em Brumadinho

28 de janeiro de 2019

Engenheiros da Telebras ativaram neste domingo, 27, dois novos terminais de alta capacidade e qualidade para comunicação via satélite, por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), para prestar serviço ao posto de comando para atendimento às vítimas, já sendo utilizado pela Defesa Civil, localizada na Faculdade Asa, em Brumadinho (MG).

A medida visa ampliar as condições de acesso a serviços de comunicação pelo Corpo de Bombeiros e agentes da Defesa Civil que estão atuando no monitoramento, resgate e salvamento de vítimas na região. Desde sábado, 26, duas antenas já haviam sido ativadas no centro de operações de salvamento, localizado próximo à Igreja Nossa Senhora das Dores, que fica a menos de um quilômetro do local do acidente. A internet de alta velocidade está sendo disponibilizada pela Telebras de forma gratuita, por meio da tecnologia WiFi.

Ao todo, já somam quatro os enlaces dedicados de 20 Mbps cada de download disponíveis para comunicações emergenciais via banda Ka do SGDC na região de Brumadinho, sem depender da infraestrutura terrestre, que pode ter sido afetada pelo desastre: Defesa Civil Nacional, Posto de Comando Central, Posto de Comando Avançado em Casa Branca e Sala de Situação do Alto Comando da Polícia Militar de Minas Gerais (todos os pontos com tecnologia WiFi para acesso a internet de alta velocidade e Voz sobre IP).

A Telebras reafirma seu compromisso com o Brasil e com os brasileiros, atendendo sua função social de levar internet de alta velocidade nos lugares mais necessitados.

Telebras expands free, high-speed internet access in Brumadinho

Telebras engineers activated two new high-capacity and high-quality terminals for satellite communication on this Sunday afternoon, via the Geostationary Satellite of Defense and Strategic Communications (SGDC), in order to provide service to the command post that assists the victims, and they are already being used by the Civil Defense, located in Asa College, in Brumadinho (MG).

The measure aims to expand the conditions for access to communication services by the Fire Department and Civil Defense agents who are working on the monitoring, rescue and relief of victims in the region. Since Saturday, 26, two antennas had already been activated at the rescue operations center, located near Nossa Senhora das Dores Church, which is less than a kilometer from the site of the accident. The high-speed internet is being made available by Telebras for free, with WiFi technology.

Altogether, there are already four dedicated links of 20 Mbps each of download available for emergency communications via the Ka band of the SGDC in the region of Brumadinho, without relying on the terrestrial infrastructure that may have been damaged by the disaster: National Civil Defense, Central Command Post, Advanced Command Post at White House and Situation Room of the High Command of the Military Police of Minas Gerais (all sites with WiFi technology for high-speed Internet access and Voice over IP).

Telebras reaffirms its commitment to Brazil and Brazilians, in view of its social function of bringing high-speed internet to the places where it is needed most.

 

 

 
Página 1 de 512345