Imprimir Imprimir

Telebras focada em um 2018 promissor e cheio de desafios

22 de dezembro de 2017

2017 se despede com histórias para contar, entre elas contratos importantes firmados, sucesso no lançamento do SGDC e a projeção do Cabo Submarino que vai ligar Brasil à Europa

Com a palavra, o presidente da Telebras, Maximiliano Martinhão:

“2017 foi o ano em que o Brasil ganhou com a eficiência de uma Companhia genuinamente brasileira. O ano em que a Telebras entrou para a história, selou sua marca como uma empresa pioneira em telecomunicações via Satélite e conquistou seu reconhecimento no mercado de ações, com aporte humano e social para a Nação. Se soma às Companhias bilionárias e escreve seu nome no cenário mundial como empresa de capital aberto, com potencial para céu e mar. 2018 se aproxima e, com ele, a possibilidade de internet de qualidade através de um Cabo Submarino, conectando o Brasil ao Continente Europeu. Esta é a Telebras, a Estatal brasileira que se reinventou com o passar do tempo e chega altiva aos 45 anos de história.

O ano encerra com 357 colaboradores diretos e mais de 500 prestadores de serviços indiretos, distribuídos em 50 empresas contratadas. Um aporte de R$ 1,3 bi no capital social da empresa, que permite, para o próximo ano, visualizar uma Telebras autossustentável. Uma nova capitalização está prevista para 2018 no montante de R$ 1,2 bi. No próximo ano, a busca pelo equilíbrio social e econômico da Companhia passa a ser uma realidade alcançável e em constante manutenção pela Diretoria Executiva. Temos a missão de ser uma empresa de ponta, de tecnologia e inovação e o caminho vem sendo trilhado, com seriedade, maturidade, energia e segurança.

A Lei de Responsabilidade das Estatais chega também para somar em nossa Companhia. Com as exigências vem o aperfeiçoamento dos processos de gestão, que produz transformações internas com foco na integridade e transparência, nas relações com os clientes, com os investidores e com a sociedade.

Os novos parâmetros para compras e licitações serão certamente fatores determinantes para uma melhoria contínua no nível de excelência da empresa. Parte do trabalho já foi concluído em 2017 e, para os próximos 5 anos, a meta é perseguir a consecução dos grandes objetivos. Entre eles podemos citar: a viabilização da operação do Cabo Submarino; a continuação da rentabilidade na operação do SGDC 1; a viabilização do Projeto SGDC 2; a busca de acesso a 40 mil localidades com internet popular; a rentabilização da rede terrestre e a autonomia econômica da empresa.

A estrutura gigantesca em terra que faz conexão com o Satélite também cumpriu todos os prazos. Mais que isso, está com adiantamento de entregas. São dois Centros de Operações Espaciais, um em Brasília e o outro no Rio de Janeiro e mais três antenas instaladas em três estados que abrigam as Estações Gateways: Florianópolis (SC), Salvador (BA) e Campo Grande (MT). Em meio a estas obras, profissionais altamente qualificados dando conta de datas, custos e avaliações. Com antecedência nas etapas entregues, o Projeto SGDC chega ao fim de 2017 com razões suficientes para se consolidar como um dos feitos a se comemorar no Brasil.

A Telebras abrange hoje, diretamente e através de parceiros, uma população superior a 130 milhões de habitantes e alcança 1.524 municípios do Brasil, além do atendimento à rede privativa de comunicação da administração pública federal. A Companhia opera uma rede terrestre com Backbone baseado em cabos de fibra óptica estruturados em cinco anéis geográficos distribuídos no nordeste, sudeste, sul, centro-sul e norte, totalizando 28 mil Km de extensão de rede. São 195 provedores atendendo as 27 unidades da Federação.

Estamos encerrando 2017 com a certeza de que podemos ir além. Contratos importantes foram fechados. Uma soma de forças de toda equipe Telebras, que, dia após dia, vai na linha da ética e do conhecimento, na ânsia de garantir o melhor para os colaboradores, para a trajetória da Companhia e para o Brasil.

Nesta reta final de 2017 ficam meus cumprimentos à Telebras, a empresa que faz telecomunicações no Brasil e para o Brasil. A segurança das informações sensíveis ao país reflete sua soberania e ela também estará coberta por um de nossos projetos. Precisamos nos comunicar através das tecnologias e, para a Telebras, todos os usuários têm o mesmo valor. A cultura democrática prevalece, pois a missão da empresa é servir à Nação.

Espero e acredito em um 2018 promissor e de muito trabalho. Teremos desafios pela frente, mas, certamente, eles servirão para o crescimento e o progresso de nossa Companhia.

Muito obrigado e o desejo de Boas Festas e um Feliz Ano Novo a todos!”

Maximiliano Martinhão

Presidente

 

Deixe um comentário!

*required

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>