Imprimir Imprimir

Telebras vai levar 140 km de fibra óptica a Metrô e Transporte Rápido de ônibus do Recife

14 de setembro de 2017

Mais de 54 Km já estão instalados e em operação pelo Metrô. Na próxima sexta-feira, 15, serão assinados os convênios para permitir a expansão de mais 35 Km no Metro e de mais 53 Km para o transporte rápido de ônibus, totalizando 140km de fibra ótica até o ano que vem

Na próxima sexta-feira, 15, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC, Gilberto Kassab, estará em Recife (PE) acompanhado do governador Paulo Henrique Saraiva Câmara, do diretor administrativo-financeiro da Telebras, Paulo Ferreira, do secretário das Cidades de Pernambuco, Francisco Papaléo, e do superintende Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) Leonardo Villar Beltrão.

Na oportunidade ele participa da assinatura de dois contratos de conectividade para a capital pernambucana. Os contratos vão permitir que a Telebras participe diretamente da promoção de inclusão digital ao massificar o acesso à banda larga em trechos importantes da cidade com mais de 1,5 milhão de habitantes.

Metrô

A Telebras mantém convênio de Cooperação Técnica com a CBTU desde 2012, onde compartilha cerca de 54 km de fibra óptica, instalada na malha do Metrô Recife. Neste momento, assinam o 3° Termo de Ajuste.

Trechos que totalizam os 54,5 km foram concluídos pela Telebras e operam nos trechos de Cajueiro Seco a Cabo de Santo Agostinho, Central Recife a Cajueiro Seco, Camaragibe a Coqueiral, Wernec a Central Recife e a Jabotão dos Guararapes.

Os 35 km restantes, que serão instalados após a assinatura do contrato, nesta sexta-feira, correspondem à ampliação da rede do metrô, que vem sendo realizada com para de aumentar a confiabilidade das comunicações no sistema de transporte sob trilhos e a capacidade e confiabilidade de transporte de dados operacionais.

Os trechos a serem contemplados com o 3° Termo de Ajuste, que somam 35 km, são Guarapu – Massangana – Suape e Cajueiro Seco – Curado.

BRT

Já com relação ao BRT, os mais de 50 km que começam a ser implementados representam uma inovação para este sistema de transporte ao permitir o aumento da disponibilidade, eficiência e presença do Governo do Estado, através do gerenciamento e controle de veículos, dos terminais e estações.

Com a parceria, além das fibras ópticas que serão disponibilizadas para o Grande Recife-CTM, a Telebras será responsável pela sua manutenção, tornando este serviço sem custo para o Governo do Estado de Pernambuco. Ao mesmo tempo, ainda dentro do convênio, a Telebras irá disponibilizar um par de fibras ópticas ao longo de toda a malha do metrô Recife, onde há 14 terminais integrados de passageiros.

Benefícios imediatos

Públicos

Os principais benefícios da parceria em esfera pública são o monitoramento dos Terminais Integrados de Passageiros (Vídeo Monitoramento e informações aos usuários através de PMV´s) e dos corredores de BRT, incluindo as estações e Centros de Controle Local (CCL), em cada um dos corredores. Estes serviços incluem informações aos usuários através de painéis (PMV) e voz, o vídeo-monitoramento das estações de BRT, controle de portas, catracas, iluminação e ar-condicionado das estações.

Também será viabilizada a integração com o Centro Integrado de Defesa Social (Ciods), levando as imagens, em tempo real, das estações de BRT e Terminais Integrados à Central de Comando da Polícia.

Privados

O sistema também proporciona a conectividade de Banda Larga aos polos industrial de Igarassu, automotivo de Goiana e a Ampliação significativa da malha de cobertura de conectividade da TELEBRAS, no Estado de Pernambuco. 

Outros Benefícios

A expansão da fibra possibilitará parcerias tecnológicas em projetos dos diversos setores do Poder Público e o fornecimento de internet gratuita (Wi-Fi) aos usuários das estações de BRT e Terminais Integrados de Passageiros.

Entre os municípios beneficiados estão Recife, Camaragibe, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Paulista, Abreu e Lima, Igarassu e Goiana.

Conclusão das obras
Os mais de 140 km atendidos com fibra ótica, entre os dois contratos, têm previsão de conclusão para fevereiro de 2018.

O que ganha a Telebras
A partir deste sistema, a Telebras pode atender um número muito maior de clientes, tanto governamentais quanto de Provedores de Telecomunicações e Internet (ISP). A Telebras também terá uma diminuição de custos ao firmar parceria com a empresa Mob Telecom, de Fortaleza, que será a responsável por todo o cabeamento e recuperação de dutos.

 

Deixe um comentário!

*required

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>