Imprimir Imprimir

Telebras participa da Terceira Reunião dos Ministros de Comunicações dos BRICS na China

28 de julho de 2017

O Gerente de Planejamento e Marketing, Luiz Fernando Ferreira Silva, está em Hangzhou, na China, representando a Telebras na Terceira Reunião dos Ministros de Comunicações dos BRICS. O evento ocorre de 26 a 28 de julho, no Hotel The Dragon, e tem por objetivo discutir propostas de cooperação entre os membros do BRICS e o progresso na implementação da “Parceria Digital – Agenda de Desenvolvimento de TICs e o Plano de Ação (ADPA)” na área de comunicações, incluindo temas como agendas digitais nacionais, engajamento B2B, pesquisa e inovação, desenvolvimento de capacidades, governo eletrônico e colaboração internacional.

A participação do gerente foi aprovada na Redir nº 1.348/2017 e foi iniciada hoje, às 11h10, no painel sobre “Desenvolvimento de Infraestrutura de TICs e interconectividade”. Em sua explanação, Luiz Fernando Ferreira Silva falou sobre a evolução da Rede Telebras. Participaram do painel representantes da indústria da Rússia, Índia, China e África do Sul.

O EVENTO

A primeira reunião do dia 26 foi do “Grupo de Trabalho dos BRICS sobre Cooperação em TICs” e consistiu em discutir propostas de cooperação e de finalizar a minuta de “Declaração da Terceira Reunião dos Ministros de Comunicações dos BRICS”. Este documento foi submetido hoje à tarde aos ministros dos BRICS presentes reunião fechada e foi aprovado por unanimidade. Luiz Fernando Ferreira Silva atuou em suporte ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), utilizando suas experiências anteriores para contribuir para a consolidação do documento.

Essa declaração contém as diretrizes ministeriais para dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido desde a última reunião, ocorrida em Bengalore, na Índia, em novembro de 2016. Naquela oportunidade, foram estabelecidas e aprovadas as áreas que integram a “Agenda de Desenvolvimento de TICs e o Plano de Ação”. A primeira área da ADPA, “Agendas Digitais Nacionais”, possui seis tópicos.

Para atender aos propósitos da ADPA, a reunião seguinte foi dividida em duas sessões após a abertura, na qual todos os ministros presentes falaram sobre as iniciativas nacionais relacionadas à ADPA. A primeira sessão tratou do “Desenvolvimento Inovativo em TIC”s, na qual apresentou Sebastiao Sahão Junior, pelo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD)

A segunda sessão versou sobre “Infraestrutura de Desenvolvimento de TICs e Interconectividade”, na qual o Gerente de Planejamento e Marketing apresentou a rede da estatal: “Aqui, a presença da Telebras no evento foi marcante ao oferecer uma visão sobre suas redes terrestre e satelital. Mas, acima de tudo, por apresentar o projeto do cabo submarino. Nessa apresentação, foi discutida a importância de se superar o link que hoje o Brasil possui com a Europa, realizado através do cabo Atlantis 2, que possui uma capacidade de 40 Gbit/s, dos quais apenas 10 Gbit/s estão sendo utilizados. Desse modo, o projeto ora sendo realizado com a EllaLink ampliará essa capacidade para 72 terabits/segundo”, afirmou Luiz Fernando Ferreira Silva.

Durante a apresentação, o gerente realizou uma comparação com os outros cabos já existentes na região do Atlântico Sul, tais como o que liga atualmente Camarões à Fortaleza e o que conecta Luanda (Angola) à Fortaleza. Assim, ressaltou a necessidade – também frisada nas apresentações da África do Sul e da China –  de se possuir uma conexão que passe pela África do Sul, chegando à Índia e à China. Mostrou, assim, que promover uma conexão que passe pela Europa gera também uma boa alternativa de conexão direta com a Rússia e entre os BRICS e, ademais, que esse caminho faz com que os dados tenham uma alternativa de tráfego àquela existente hoje que passa essencialmente pelos Estados Unidos.

A segunda apresentação de Luiz Fernando Ferreira Silva ocorreu nesta tarde na China, às 14h30, em uma “Mesa Redonda de Negócios”, na qual o gerente falou ao lado do CPqD e apresentou o marco legal da Telebras e os clientes de Governo Telebras e provedores de acesso à Internet. “A oportunidade de falar sobre o mercado em que a Telebras atua foi importante no evento, a fim de que a Telebras mostrasse quem são seus clientes e as oportunidades de expansão de seu negócio a partir da entrada do SGDC”, ressaltou o gerente de Planejamento e Marketing da Telebras.

Da esquerda para a direita: o Secretário de Telecomunicações do Ministério de Ciência e Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e chefe da Delegação, André Müller Borges, o Secretário Geral do UIT, Houlin Zhao, e o Gerente de Planejamento e Marketing da Telebras, Luiz Fernando Ferreira Silva.

Composição do painel, da esquerda para a direita: Representantes da China, África do Sul, Brasil, Rússia e Índia.

O Gerente de Planejamento e Marketing, Luiz Fernando Ferreira Silva, iniciando sua palestra na Terceira Reunião  dos Ministros de Comunicações dos BRICS.

O Gerente de Planejamento e Marketing, Luiz Fernando Ferreira Silva, responde às perguntas do painel.

 

 

Deixe um comentário!

*required

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>