Imprimir Imprimir

Mercado demonstra interesse pelo SGDC e sugere garantia de renovação automática de contrato por 5 anos

28 de julho de 2017

São Paulo – A Telebras realizou ontem, 27, a primeira edição do roadshow do SGDC, uma apresentação sobre a cessão de capacidade em banda Ka do satélite que possui a maior capacidade e cobertura do Brasil. O evento, que aconteceu no Instituto de Engenharia, atendeu às expectativas dos representantes da Telebras e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações presentes no evento. Entre os presentes, estavam o Diretor Administrativo-Financeiro e Diretor Comercial Interino da Telebras, Paulo Ferreira, o Secretário-Executivo do Ministério do Trabalho, Antonio Correia de Almeida e o Diretor do Departamento de Inclusão Digital do MCTIC, Américo Tristão Bernardes.

Segundo Jarbas Valente, Presidente Interino da Telebras “o evento demonstrou o forte interesse do mercado em debater e esclarecer todos os pontos do modelo do chamamento público, e ofereceu grandes contribuições com diversas sugestões. Foram mais de 25 empresas, totalizando 88 pessoas que assistiram as apresentações, iniciadas com um discurso otimista do Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, seguido de apresentações do Jarbas Valente e do Diretor de Banda Larga do MCTIC, Artur Coimbra. Na sequência, foram apresentados detalhes do Edital de Chamamento Público, pelo Gerente de Tecnologia e Soluções Satelitais, Bruno Henriques, e pela Gerente Jurídica Isabel Santos, ambos da Telebras.

Dentre as empresas presentes, estavam as operadoras de satélite e serviços de telecomunicações Embratel/StarOne, Telefônica/MediaNetworks, Hughes, Yahsat, Viasat, Thales, SES, Hispamar, Telesat, Oi e Telespazio, além dos fabricantes de equipamentos para comunicações via satélite Gilat, Newtec e Advantech. O evento possibilitou que as empresas interessadas tirassem suas dúvidas sobre o processo, bem como mostrar o interesse da Telebras em realizar e fortalecer as parcerias com a iniciativa privada, tão importantes para o contínuo crescimento da empresa.

Dentre os mais de 20 questionamentos, as principais dúvidas foram a respeito das mudanças realizadas na documentação durante a fase de consulta pública, como, por exemplo, o prazo contratual de 5 anos, que as empresas gostariam de ter garantias na sua prorrogação automática pelo mesmo período, ou nos compromissos mínimos de rede, que garante sinergias e ganhos de escala, com consequente redução dos custos dos serviços a serem prestados para o Lote Telebras, aquele que será utilizado para atender as demandas de governo, saúde e educação.

Os próximos roadshows do SGDC acontecerão em Londres, no dia 01 de agosto, e em Nova Iorque, no dia 04 de agosto. A expectativa é que sejam tão bem-sucedidos como o evento de São Paulo para que a Telebras possa mostrar aos potenciais investidores que o Brasil é e continuará sendo um mercado promissor para a banda larga via satélite, que o SGDC é a melhor opção para estas empresas prestarem serviços no Brasil e, principalmente, que a Telebras é o melhor parceiro para tais investimentos que, por meio do processo de cessão de capacidade, faz uma oferta pública que visa dar transparência, isonomia e igualdade de condições a todas as empresas interessadas.

Maiores informações sobre as próximas edições do roadshow do SGDC poderão ser encontradas no hotsite do SGDC: www.telebras.com.br/sgdc – na parte do Chamamento Público.

O Ministro Gilberto Kassab abriu o roadshow do SGDC, em São Paulo, com muito otimismo

 

 

 

Deixe um comentário!

*required

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>