Imprimir Imprimir

COPE-P de Brasília da Telebras recebe prêmio de ‘Melhor Prestação de Serviço Digital no Setor Público’ na América Latina

7 de novembro de 2018

O Centro de Operações Espaciais Principal (COPE-P) de Brasília da Telebras recebeu na noite dessa terça-feira, 6, em São Paulo, o prêmio de ‘Melhor Prestação de Serviço Digital no Setor Público’ da edição latino-americana do DCD Awards 2018. A premiação internacional, conhecida como o “Oscar” da indústria de data centers, é promovida pela empresa Datacenter Dynamics para destacar iniciativas de inovação, eficiência e os melhores projetos de engenharia do setor na América Latina. Representaram a Telebras na cerimônia o diretor Administrativo-Financeiro, Paulo Ferreira, e os engenheiros responsáveis pela condução das obras do COPE-P Rodrigo Botelho Machado (gerente de Infraestrutura e Manutenção da Planta) e João Luiz Ramalho de Castro, que também receberam a premiação em nome da empresa.

Nesta edição, mais de 80 organizações de toda a América Latina apresentaram projetos para as sete categorias do DCD Awards 2018, cujos vencedores, eleitos pelo júri composto por mais de 25 especialistas, foram anunciados na noite dessa terça-feira. Além disso, o prêmio contou com duas categorias cujos vencedores foram eleitos por voto popular, são elas: ‘Fornecedor de Colocation do Ano’ e ‘Solução mais Inovadora para Data Center do Ano’. Segundo os organizadores, todos os projetos selecionados foram considerados de alta qualidade e mostram como as organizações estão transformando sua infraestrutura para se adequar às novas tecnologias e necessidades do mercado.

O COPE-P

O Centro de Operações Espaciais Principal (COPE-P), localizado em Brasília, DF, já se posiciona como referência nacional e internacional, pela complexidade e modernidade de suas instalações. Trata-se de um conjunto de edificações que compreende 14.000 m² de área construída, 4.500 m² de bloco técnico operacional, com a missão de operar e monitorar o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), primeiro satélite brasileiro concebido exclusivamente para a transmissão de dados com alta velocidade e qualidade na banda Ka, cobrindo todo o território nacional e a Amazônia Azul. O Centro possui disponibilidade de atender outros satélites geoestacionários e de baixa órbita.

O design do principal do Centro de Operações Espaciais (COPE-P) da Telebras, que abrigará um dos data centers para operação do satélite brasileiro recebeu, em agosto de 2016, a certificação TIER IV do Uptime Institute, localizado em Seattle, Estados Unidos. A classificação TIER IV é o mais alto nível de disponibilidade e confiabilidade que um data center pode oferecer numa instalação de missão crítica. É conhecida como Fault Tolerant (tolerante a falhas), a qual deixa o site imune a qualquer paralisação de infraestrutura. Essa certificação, conquistada pela Telebras, foi concedida de forma inédita a uma empresa do setor de telecomunicações no Brasil.

Dotado de dupla abordagem óptica e redundância de todos os seus sistemas de infraestrutura crítica (energia, climatização, segurança, conectividade), o projeto do COPE-P da Telebras/Defesa foi totalmente desenvolvido em Building Information Modelling (BIM), tecnologia pioneira no setor público brasileiro.

 

Deixe um comentário!

*required

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>