Telebras avança no caminho da sustentabilidade

14 de dezembro de 2017

Com o aumento do capital social, aprovado este ano, Companhia passa a ter patrimônio líquido positivo

A notícia é animadora para a Telebras, que encerra 2017 com perspectivas de crescimento e novos projetos para 2018. Os números mostram que o equilíbrio econômico e financeiro da Companhia passa por um momento importante, de maturidade e controle.

O presidente da Companhia, Maximiliano Martinhão, ressalta que os recursos aportados pela União, no montante de R$ 1,3 bilhão, aumentarão em seis vezes o capital da empresa. “Temos muito pela frente. É só o começo. Iniciaremos 2018 com expectativa de voos altos e seguros”, comemora Max.

Para o diretor Administrativo Financeiro da Telebras, Paulo Ferreira, a Companhia está trilhando um caminho promissor. “É um olhar criterioso para cada detalhe, mas que está nos garantindo sucesso em todas as etapas. A partir de agora é possível visualizar uma Telebras com estabilidade financeira e econômica, o que representa muito para os investidores, para a própria Companhia e para o país”, diz Ferreira.

Aporte de Capital 

Em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) de Acionistas da Telebras, realizada em 26 de setembro, houve a deliberação sobre o aumento de capital, advindo de aportes da União, para execução dos projetos SGDC, PNBL e Cabo Submarino.

Os recursos são referentes à transferência de capital pela União, através das Leis Orçamentárias Anuais (LOAs) dos anos de 2012 a 2015. Com os recursos, o capital da Telebras passou de R$ 263.145.011,82 para R$ 1.594.666.570,00, o equivalente a seis vezes mais que o capital social atual. 

Projeção

Segundo Maury Caetano, gerente Fiscal e de Controle da Telebras, o incremento de capital vai contribuir para a melhoria do resultado e da imagem da empresa, refletida no balanço patrimonial. “Com a incorporação do AFAC ao Capital Social, a Telebras apresentará uma melhor situação financeira no balanço patrimonial – o patrimônio líquido não será mais negativo – e reduzirá significativamente os impactos negativos da correção do AFAC no resultado da Companhia”, diz Caetano.

Taxa Selic

Para o especialista em Finanças da Telebras, Romero Pedrosa, 2017 representa um marco para a empresa. “Essa capitalização permite que a Telebras se projete, cada vez mais, como uma empresa de sucesso. A percepção da empresa muda também para quem quer investir, pois a empresa passa a ser vista com outros olhos, eliminando o impacto da Taxa Selic, incidente sobre o montante a ser capitalizado”, enfatiza o especialista.

Cerca de 72 mil ações preferenciais e ordinárias da Telebras serão rateadas entre os acionistas interessados

Encerra amanhã, 15, o novo período para que os acionistas que manifestaram interesse nestas sobras exerçam seus direitos de subscrição.

Associação Brasileira das Empresas de Software presta homenagem ao presidente da Telebras

12 de dezembro de 2017

Na noite desta segunda-feira, 11, o presidente da Telebras, Maximiliano Martinhão, foi nomeado embaixador honorário da Abes, Associação Brasileira das Empresas de Software. Foi durante a confraternização da entidade, em São Paulo.

Na homenagem, assinada pelo presidente da Diretoria da Abes, Francisco Camargo e pelo presidente do Conselho da Associação, Jorge Sukarie, Maximiliano é reconhecido pela sua história de apoio ao setor de tecnologia da informação e à transformação digital do Brasil. Na ocasião, a Abes falou em nome do Movimento Brasil, País Digital.

Motivos a mais para galgar novas conquistas

“As telecomunicações e as Tecnologias da Informação (TI) se tornaram parte da palavra ‘sucesso’ e é isso que buscamos fazer diariamente. Atuar nesta área é um desafio, pois as informações se renovam a cada instante. A Abes e seus associados acompanham esta inovação. Tenho ainda mais motivos para me dedicar e fazer jus ao título recebido. Recebo a homenagem com alegria e entusiasmo”, diz Martinhão.

Telebras inaugura Alojamento da Marinha, no Cope-S, do Rio de Janeiro

Maximiliano Martinhão, presidente da Telebras, participou, nesta segunda-feira, 11, da entrega oficial da obra do Alojamento da Marinha, que fica dentro do Centro de Operações Espaciais, o Cope-S, no Rio de Janeiro. A obra, que iniciou há sete meses, ocupa 700 metros quadrados da Estação de Rádio da Marinha. O espaço abrigará cerca de 70 militares e proverá uma enfermaria moderna e em melhores condições do que a anterior.

“Quando a Telebras iniciou a construção do Centro de Operações Espaciais Secundário, aqui no Rio de Janeiro, foi preciso contar com a paciência e gentileza dos integrantes do alojamento da Marinha. Tudo porque a obra do Cope-S precisava ocupar o local onde eles permaneceram instalados por mais de 30 anos”, esclarece Martinhão.

Compromisso

A partir deste momento, a companhia assumiu o compromisso de incluir o Alojamento na obra do Cope-S. “A alteração do espaço físico da Marinha, que inicialmente poderia ter gerado transtorno, ocupou um papel de relevância ainda maior nos laços de amizade e respeito entre a Marinha e a Telebras”, diz.

Maximiliano agradeceu ao comandante Rodrigo Metropolo Pace, que conduziu os trabalhos lado a lado com a Telebras e ao comandante do Primeiro Distrito Naval, vice-almirante Cláudio Portugal de Viveiros. “Graças a estes homens e suas equipes e graças à dedicação dos representantes do Consórcio Sat-2D e aos responsáveis engenheiros da Telebras, estamos diante de mais um momento de realização de nossa Companhia”, comemora Martinhão.

Responsabilidade com o dinheiro público

Em seu discurso, Maximiliano enalteceu a responsabilidade com que são tratados os investimentos do Projeto SGDC. “O controle rigoroso dos recursos aqui depositados foi tratado como uma obrigação de nossa Estatal. A prova é simples e notória: estamos diante de uma obra imponente, que agrega o que há de melhor em segurança e informação”.

Obra completa do Cope -S será inaugurada em 2018

“Voltaremos aqui, em breve, para a inauguração da obra completa do Cope-S. Este espaço terrestre de extremo valor para o Satélite em órbita, está em fase adiantada e com previsão de entrega para o segundo semestre de 2018”, concluiu.

Veja o álbum de fotos completo da inauguração, pelo Flickr.

Telebras vai levar internet de qualidade ao Programa Gesac, do Governo Federal

11 de dezembro de 2017


A contratação foi publicada no Diário Oficial de sexta-feira, 8

A previsão é de que o início dos trabalhos aconteça ainda no primeiro semestre de 2018. O Satélite Geoestacionário Brasileiro de Defesa e Comunicações Estratégicas da Telebras, o SGDC, é uma das formas de levar o serviço de transmissão de internet aos municípios, além da estrutura de fibra óptica da Companhia.

De acordo com as informações divulgadas ao mercado pela Telebras nesta manhã, 11, a Estatal foi contratada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações para prestação de serviço em regime continuado de transmissão bidirecional de dados, em âmbito nacional, para o Programa Governo Eletrônico Serviço de Atendimento ao Cidadão – Gesac, por um período de 60 meses.

O objetivo principal, para o primeiro ano de contrato, é conectar milhares de escolas rurais, o que beneficiaria cerca de três milhões de alunos, além das Unidades de Fronteira do Exército, Unidades Básicas de Saúde em localidades rurais, quilombolas e mais de 200 aldeias indígenas.

“É um enorme avanço no aprimoramento do serviço”, diz André Müller Borges
“Esta é uma forma de entregar um serviço diferenciado para a população das comunidades em pontos isolados e remotos. Eles contavam com uma conexão e agora terão conectividade com mais qualidade. É um enorme avanço no aprimoramento do serviço”, diz André Müller Borges, secretário de Telecomunicações do MCTIC.

O diretor de Inclusão Digital da Secretaria de Telecomunicações do MCTIC, Américo Bernardes, também ressalta a importância de levar internet em alta velocidade a todos os beneficiários do Gesac. “O departamento de Inclusão Digital da Secretaria de Telecomunicações do MCTIC deve, além das escolas e beneficiários já atendidos pelo Programa, ampliar o atendimento a cerca de mil Unidades de Atenção à Saúde Indígena, como, também, pontos da Polícia Rodoviária Federal, o que garantirá uma maior segurança e comunicação nas rodovias brasileiras. Tal cobertura só seria possível com um Satélite que garanta 100% de comunicação com qualidade em todo o território nacional. O SGDC nos permite alcançar esta meta”, enfatiza.

O que é o Gesac
O programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac) oferece gratuitamente conexão à internet em banda larga – por via terrestre e satélite – a telecentros, escolas, unidades de saúde, aldeias indígenas, postos de fronteira e quilombos. O programa é coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e direcionado, prioritariamente, para comunidades em estado de vulnerabilidade social, em todo o Brasil, que não têm outro meio de serem inseridas no mundo das tecnologias da informação e comunicação.

“Um Brasil conectado, com inclusão social. Este é o nosso objetivo”, reforça presidente da Companhia
Maximiliano Martinhão, presidente da Telebras, lembra que a inclusão social sempre será o principal objetivo da Companhia. “É através de iniciativas como a do Programa Gesac  que podemos visualizar um Brasil mais conectado, um Brasil de mais oportunidades”, comemora.

Ao lado de Temer e Kassab, Maximiliano Martinhão participa da assinatura da MP que altera Lei de Informática

8 de dezembro de 2017

O presidente da Telebras, Maximiliano Martinhão, acompanhou a comitiva presidencial nesta sexta-feira, 8, em São Paulo. Na oportunidade, o presidente da Companhia participou da assinatura da Medida Provisória (MP) que altera a Lei de Informática.

O documento foi assinado durante o almoço anual da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), na capital paulista.

A Lei da Informática permite a isenção ou redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para bens de informática e automação, desde que as empresas investissem, no mínimo, 5% de seu faturamento bruto no mercado interno em atividades de pesquisa e desenvolvimento.

 
Página 1 de 212