Obras do Centro de Operações Espaciais do RJ estão 45 dias adiantadas

27 de novembro de 2017

Presidente da Telebras, Maximiliano Martinhão, visitou o COPE-S acompanhado do Diretor Técnico Operacional, Jarbas Valente

Na tarde da última quarta-feira, 22, o presidente da Telebras, Maximiliano Martinhão, esteve na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, onde está sendo construído o Centro de Operações Espaciais Secundário, o COPE-S. Esta é a segunda vez, em dois meses de gestão, que o presidente da Companhia visita a obra, considerada o backup da operação terrestre do Satélite Geoestacionário Brasileiro de Defesa e Comunicações Estratégicas, o SGDC. Antes da visita ao COPE-S, Martinhão esteve no Escritório Regional do RJ, onde foi recepcionado pela gerente Soraia Emery de Carvalho Braga e sua equipe.

Maximiliano esteve no COPE-S acompanhado do diretor Técnico Operacional, Jarbas Valente. Na oportunidade eles avaliaram o andamento das obras que ocupam mais de sete mil metros quadrados da área da Marinha. A previsão da entrega operacional do COPE S é agosto de 2018.

O Centro de Operações Espaciais do Rio de Janeiro está orçado em R$ 90 milhões e conta com cerca de 250 funcionários nesta etapa. “Estamos com 45 dias de adiantamento em relação ao cronograma aprovado pela Telebras. É com expectativa que visualizamos a conclusão adiantada de mais este projeto de tamanha dimensão. O controle rígido de prazos e gastos com que a obra vem sendo administrada permitem esse momento exitoso de nossa Companhia”, lembra Martinhão.

O engenheiro Antônio Rogério Silva, especialista em Gestão de Telecomunicações da Telebras, demonstrou satisfação pela visita da Diretoria. “Ficamos muito felizes em recebê-los. É uma oportunidade para relatar nosso orgulho de estarmos contribuindo para este importante projeto da empresa”, diz.

 

COPE P – Brasília está com as obras adiantadas em 63 dias 

O Centro de Operações Espaciais Principal está sendo construído em Brasília, na Base da Aeronáutica. A entrega operacional do COPE-P também está prevista para agosto de 2018. A obra está situada em uma área de 15 mil metros quadrados. Depois de entrar em funcionamento, o COPE-P contará com cerca de 300 colaboradores, divididos em três turnos.
A obra do COPE-P está orçada em R$ 163 milhões, considerando a construção, fornecimento, instalação de equipamentos e as duplas abordagens elétricas e ópticas. Nesta obra o adiantamento dos trabalhos é ainda maior: 63 dias. A função do COPE-P é a de controle e monitoramento do Satélite e também de provimento dos serviços de Banda Larga, em banda Ka, além do controle da Banda X, através do Ministério da Defesa.

 Segundo o gerente de Engenharia e Operação de Satélites, Sebastião do Nascimento Neto, o andamento acelerado das obras é uma indicação de que o esforço concentrado das diversas áreas da Telebras começa a ser coroado. “Em breve estaremos operando a todo vapor levando Internet banda larga a todo território nacional”, comemora.

Para o engenheiro Rodrigo Botelho, gerente de Infraestruturas e Manutenção da Planta, “2017 foi um ano em que a Telebras teve a oportunidade de mostrar a que veio. Tiramos o Projeto SGDC do papel e trouxemos para a realidade. Esta e outras obras nos dão a certeza de que tudo está fluindo, da melhor forma possível”, enfatiza.

Futuros Engenheiros de Telecomunicações também visitaram o COPE-S

Nesta semana, alunos do curso de Engenharia de Telecomunicações da Universidade Federal Fluminense do Rio de Janeiro também visitaram o COPE S. Os universitários demonstraram interesse em entender a construção do Centro de Operações Espaciais e fizeram perguntas sobre o Satélite e a Telebras. Os colaboradores da Companhia, Alex, Fabio, Gabriel e Jonny, ex-alunos da mesma instituição, recepcionaram os estudantes.

Presidente da Telebras recebe visita do senador Randolfe Rodrigues

24 de novembro de 2017

Na manhã desta terça-feira, 21, o presidente da Companhia, Maximiliano Martinhão, recebeu, em seu gabinete, a visita do senador Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade.

Entre os assuntos tratados, o senador expôs a necessidade de provedores de Banda Larga ao Macapá, capital do Amapá, no extremo norte do país.

Na oportunidade, o parlamentar também citou a possibilidade de uma parceria com a Telebras para melhoria da rede de fibra óptica – backbone e aumento da oferta de serviços no Estado. O objetivo é melhorar a inclusão digital e as alternativas de internet naquela importante região do país.

Martinhão agradeceu a visita e colocou a Companhia à disposição para esclarecimentos e estudo de uma proposta viável para a demanda.

Maximiliano recebe deputado Rodrigo Delmasso e conversam sobre projeto para conexão de internet nas escolas do Distrito Federal

O deputado Distrital Rodrigo Delmasso (Podemos) visitou, nesta terça-feira, 21, a Telebras, acompanhado de seus assessores. Ele foi recebido pelo presidente da Companhia, Maximiliano Martinhão.

Delmasso expôs a intenção de criar dois projetos relacionados à internet de qualidade. Um para conectar as escolas do Distrito Federal e o outro, com o mesmo objetivo, para os parques públicos.

Maximiliano tomou conhecimento do projeto e reconheceu a importância do mesmo. “A Companhia envidará esforços para contribuir com o desenvolvimento de inclusão digital no Distrito Federal em parceria com o governo local”, diz.

No mês passado, o parlamentar já havia visitado o Centro de Operações Espaciais Principal de Brasília, através da Telebras.

 

 

 

 

 

Maximiliano Martinhão presta homenagem aos colaboradores no mês de aniversário

21 de novembro de 2017

Maximiliano Martinhão fala do novo momento vivido pela Telebras e enaltece o entusiasmo dos 357 colaboradores ao comemorar 45 anos de história.

O presidente da Companhia ressalta o trabalho que vem sendo desenvolvido para estabelecer um plano estratégico cada vez melhor à Telebras.

Maximiliano elogiou a integração e o comprometimento de todos que acrescentam no dia a dia da Empresa. Segundo ele, uma Companhia que desempenha papéis governamental e social, fundamentais para a sociedade brasileira, através do desenvolvimento da internet no país.

Telebras comemora 45 anos

9 de novembro de 2017

 

Ministro Kassab acompanhou a celebração realizada na tarde desta quinta-feira (9) no auditório do Ministério do Esporte

 

São 45 anos de história. Uma trajetória que começou em 1972, com o Euclides Quandt de Oliveira e, dois anos após, se firmou como a principal empresa brasileira através do General José Antônio de Alencastro e Silva, considerado o ‘pai’ das telecomunicações no país. O ponta pé inicial de uma nova era que conectou todos os pontos da nação. Até o início da década de 70, em tese, o Brasil era mudo, não se comunicava. Foi através do surgimento da Telebras que os brasileiros se interligaram, que a República brasileira ergueu pontes de contato e, desde então, vem deixando sua marca entre as empresas de sucesso que acompanham o desenvolvimento de um país imenso em território e capacidade.

Para o presidente da Companhia, Maximiliano Martinhão, a Telebras é a memória viva e um exemplo de empresa que chega à fase adulta com maestria. “Os 45 anos demonstram que já estamos prontos e preparados para voos ainda mais altos”, lembra.

Em seu discurso, Martinhaõ também ressaltou: “A Telebras integrou o país por meio das telecomunicações e trouxe a era da conectividade e, com ela, seus agregados: brilhantes engenheiros, técnicos, mestres, doutores, prestadores de serviço, secretárias, estagiários, diretores, presidentes, motoristas, advogados. Passamos a ser uma marca brasileira e, desde então, ‘Onde tem Brasil, tem Telebras’.

A necessidade de o Brasil estar cada vez mais conectado expandiu a ideia de um país gigante em território vir a ter internet de qualidade, em todos os recantos, seja por terra ou por mar. Eis que depois das fichas telefônicas, dos cartões, dos orelhões e aparelhos com números discados, a Telebras rasgou o céu da Guiana Francesa e colocou em órbita o primeiro Satélite Geoestacionário Brasileiro de Defesa e Comunicações Estratégicas, o SGDC, no dia 04 de maio deste ano”.

A empresa conta hoje com 356 colaboradores diretos e está presente em todo o Brasil através dos escritórios regionais do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Belém e Fortaleza.

De acordo com o Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, que esteve há pouco na celebração, a data é de gratificação em nome do MCTIC, por tudo que a Telebras representa. “Quando lembramos do projeto que temos, que é o de se comunicar com o país, percebemos que soubemos aproveitar as oportunidades. A Companhia mudou seu perfil, mudou seu foco e persistiu na tecnologia, que é o que temos de mais importante para o país, não só para as telecomunicações, mas também para diversos setores da nossa economia”, disse.

 

 
Página 1 de 212