Tudo pronto para o início da Campus Party em Salvador amanhã, dia 9

8 de agosto de 2017

A Campus Party está pronta para elevar a temperatura tecnológica de Salvador. A partir de amanhã, durante quatro dias jovens de diversas partes do Estado da Bahia e de outros estados brasileiros se reúnem na Arena Fonte Nova para mais um intercâmbio de conhecimento em inovação tecnológica, robótica, mídias sociais e simulação dentre outras mais de 20 áreas vinculadas aos campos digital e tecnológico.

O acesso à tecnologia dos mais de quatro mil jovens que estarão acampados no local do evento e demais participantes está mais uma vez garantido com os 20 GBPS para acesso à internet instalados pela Telebras, como mais uma etapa da tradicional parceria entre a empresa e o Instituto Campus Party.

Segundo os organizadores da Campus Party, Salvador contará com mais de 250 horas de atividades entre palestras, jogos, workshops e o que há de mais novo no mundo da ciência, inovação e do empreendedorismo. A cerimônia de abertura do evento está marcada para amanhã, 9, às 19 horas.

A Telebras vem garantindo a acessibilidade em todas as edições da Campus Party desde o encontro de São Paulo, em janeiro de 2016. Portanto, há mais de um ano a empresa vem apoiando e disponibilizando, pelo menos, 20 Gbps de uma rede que oferece toda a garantia e velocidade para os campuseiros nas diversas cidades do país.

A Campus Party vem discutindo temas dos mais relevantes em cada encontro no Brasil, como foi o caso de São Paulo, no início deste ano, com a abordagem central em seus fóruns sobre a formação das chamadas cidades inteligentes. Em Salvador, de acordo com o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, a pauta de discussão do evento será em torno do tema de empreendedorismo nas universidades, buscando soluções por meio de debates, mesas redondas e estudos de casos.  E a Telebras estará pronta para garantir o sucesso de mais uma Campus Party.

Roadshow do SGDC pavimenta o caminho dos interessados em participar do Chamamento Público de capacidade em banda Ka do satélite brasileiro

4 de agosto de 2017

Roadshow do SGDC da Telebras, em Nova Iorque, nesta sexta-feira, 04/07 (Foto: Mónica Félix)

Nova Iorque, 04 de agosto – Os resultados positivos verificados com o roadshow após o encerramento de sua terceira e última edição, que ocorreu no final da tarde do dia 04 de agosto, em Nova Iorque, EUA, demonstram que a Telebras está no caminho certo ao apresentar às operadoras, investidores e empresas do setor de telecomunicações via satélite as oportunidades de negócios relacionadas à cessão de capacidade em banda Ka do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, o SGDC.

Após a publicação do Edital de Chamamento Público nº 02/2017 em 14 de julho, a iniciativa de promover as três edições do roadshow, a primeira em São Paulo (27 de julho), a segunda em Londres (01 de agosto), e a terceira em Nova Iorque (04 de agosto), se deu visando promover um amplo debate e esclarecimentos de dúvidas sobre o modelo de seleção de empresas parceiras para prestação de serviços de telecomunicações utilizando a capacidade do SGDC. A oferta pública de capacidade é um processo transparente e isonômico para alcançar os objetivos da Telebras, do projeto SGDC e do Programa Nacional de Banda Larga, o PNBL.

Ao todo, cerca de 120 executivos de 30 empresas convidadas participaram de modo presencial ou por meio de acesso remoto das apresentações realizadas pela comitiva da Telebras para demonstrar a importância e relevância da capacidade do SGDC no mercado brasileiro.

Presidente interino da Telebras, Jarbas Valente (Foto: Divulgação)

Na primeira edição do roadshow, em São Paulo, representantes da Telebras, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério do Trabalho esclareceram aspectos relevantes do procedimento aos interessados. Foram inúmeras perguntas e contribuições recebidas das diversas operadoras, provedores de serviços e empresas fornecedoras de equipamentos e de consultoria, no evento aberto pelo Ministro Gilberto Kassab.

Logo em seguida, nas edições internacionais do roadshow, em Londres e em Nova Iorque, foi possível confirmar o interesse das empresas estrangeiras, esclarecendo os procedimentos contidos no Edital e seus anexos.

O presidente interino da Telebras, Jarbas Valente, abriu a série de apresentações em Londres e Nova Iorque, traçando o perfil do mercado brasileiro de telecomunicações, descrevendo o crescimento do número de acessos à internet no Brasil, bem como a perspectiva de oferta de banda larga por meio do SGDC. “Saímos desse roadshow com a certeza de que avançamos significativamente no entendimento, pelos interessados, dos documentos que compõem esse Chamamento Público”, ressalta Jarbas Valente.

O diretor de Banda Larga do MCTIC, Artur Coimbra, apresentou o cenário de infraestrutura de banda larga no Brasil, destacando o potencial de demanda existente para serviços de telecomunicações em banda larga via satélite, “a qual o SGDC se propõe a atender”.

José Franco de Morais, subsecretario de Divida Pública do Tesouro Nacional, representando o Ministério da Fazenda, apresentou, em Nova Iorque, o panorama atual da economia brasileira, enfatizando as iniciativas do governo para melhorar os fundamentos macro e microeconômicos, visando a retomada do crescimento econômico do país.

As principais dúvidas jurídicas acerca do chamamento público puderam ser esclarecidas nas apresentações da gerente jurídica da Telebras, Isabel Luiza dos Santos, e do advogado, Marcelo Lindoso Baumann. Para Isabel, “após a consulta pública, a documentação do Chamamento Público foi aperfeiçoada, majorando a segurança jurídica para todos os atores envolvidos no procedimento”. Marcelo acrescenta que “além das questões técnicas e comerciais, o roadshow foi importante para reduzir as inseguranças dos interessados sobre o Chamamento Público, o PNBL e o SGDC”.

Responsável pelo detalhamento do Chamamento Público, o gerente de Tecnologia e Soluções Satelitais da Telebras, Bruno Henriques, detalhou minuciosamente as etapas do procedimento, desde a fase de apresentação das propostas comerciais, até a análise da documentação e adjudicação da empresa vencedora, de ambos os lotes, 1 e 2.

Além dos representantes da Telebras e dos Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, da Fazenda e do Trabalho, participaram das edições do roadshow, de modo presencial ou remoto, as seguintes empresas: Advantech, AOneSat, BT, Claro, Comsys, Echostar, Ellalink, Embratel, Gilat Satellite Networks, Hispamar, Hughes, Intelsat, Media Networks, Mundie Advogados, Newtec, Oi, Padtec, SES Mobility, Star One, TIM, Thales Group, Thales Alenia Space, Telefonica, Telefonica International Wholesales, Telespazio, Telesat, ViaSat, Visiona e Yahsat.

Telebras marcará presença na Campus Party em Salvador, de 9 a 13 de agosto

Foto: Campus PartyO maior evento de tecnologia do país promete mais de 250 horas de atividades relacionadas à ciência, inovação e empreendedorismo

Após um verdadeiro festival tecnológico em Brasília, a Telebras reforça parceria com a Campus Party e estará presente na edição de Salvador, a partir da próxima quarta-feira (9). Uma das grandes e aguardadas atrações é a Olimpíada Brasileira de Robótica, etapa Bahia, que desafia os participantes a resgatarem com robôs as vítimas de desastres ambientais simulados.

Em parceria com a Campus Party desde o ano passado, a Telebras proverá internet de alta qualidade (20 Gbps) durante todo o evento aos mais de 4 mil campuseiros aguardados pela organização, permitindo maior interação e mais participação nas atividades.
presidente interino da Telebras, Jarbas Valente, apoia a Campus Party

O Presidente Interino da Telebras, Jarbas Valente, vê com satisfação a participação da empresa no evento. “A Telebras é parceira da Campus Party de várias edições e se orgulha não só de participar, mas também da missão de oferecer internet de qualidade a essa experiência, que faz parte do calendário anual do Brasil e do mundo”, diz Valente.

O Chefe de Gabinete, Gregory Bunn, ressalta o caráter transformador de realizações que levam tecnologia e inovação à sociedade: “Esse ambiente tecnológico propicia o fomento a novas ideias, debates e à educação”, destaca.

“Para a Telebras, é muito importante que os jovens conheçam a missão da empresa, que é levar internet de qualidade a todos os cidadãos e, entre outras coisas, tornar esse tipo de evento cada vez mais recorrente e acessível”, diz o Chefe de Gabinete.

A Campus Party Salvador acontecerá na Arena Fonte Nova, de 9 a 13 de agosto. Segundo a organização, os ingressos colocados à venda para a edição já estão esgotados desde o mês passado, tanto para a parte dos campuseiros, que ficarão alojados no local, quanto para o público interessado em participar de palestras e workshops. Mas ainda existe uma área gratuita, a Open Campus. Esta estará aberta ao público nos dias 10, 11 e 12 de agosto.

Serviço:
Data: 9 a 13 de agosto
Local: Arena Fonte Nova

INGRESSOS ESGOTADOS

OPEN CAMPUS
A Open Campus é uma área gratuita, aberta ao público de 10 a 12 de agosto
Dias 10 e 11/08: das 10h às 20h
(com circulação até às 21h)
Dia 12/08: das 10h às 17h
(com circulação até às 18h).

 
Página 2 de 212