Telebras realiza roadshow em São Paulo sobre oferta pública da banda Ka do Satélite Geoestacionário

26 de julho de 2017

Dois lotes da capacidade do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas serão submetidos à oferta pública. Objetivo é permitir que empresas prestadoras de serviços de telecomunicações levem internet banda larga para a população. O ministro Gilberto Kassab participa do evento

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, participa nesta quinta-feira (27), em São Paulo, de roadshow organizado pela Telebras para apresentação investidores das oportunidades de negócios relacionadas à cessão de capacidade em banda Ka do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC). O objetivo é permitir que empresas prestadoras de serviços de telecomunicações levem acesso à internet em banda larga para a população.A capacidade em banda Ka do SGDC foi dividida em três lotes. Um deles será destinado à prestação de serviços de telecomunicações pela Telebras. Os outros dois lotes serão submetidos à oferta pública.

O SGDC foi lançado em 4 de maio de 2017 para operações na banda Ka e na banda X, de uso exclusivo das Forças Armadas. A expectativa de vida útil do satélite é estimada em 18 anos.

Serviço
Evento: Roadshow – Cessão de capacidade em banda Ka do SGDC
Data: 27 de julho de 2017
Horário: 14h30
Local: Instituto de Engenharia
Endereço: Av. Dr. Dante Pazzanese, 120, Vila Mariana
Cidade: São Paulo (SP)

Informações à imprensa
(61) 2033-7515 / imprensa@mctic.gov.br

Fonte: MCTIC

Telebras aprova associação à Abrasat

21 de julho de 2017

Telebras se aflilia à Abrasat
Decisão foi tomada em REDIR, na terça-feira, 18/07

Na Reunião da Diretoria Executiva da Telebras (REDIR) da última terça-feira foi aprovada a filiação da Estatal à Associação Brasileira das Empresas de Telecomunicações por Satélite (Abrasat). Na ocasião estiveram presentes os membros da Diretoria da referida Associação, os quais entregaram a carta-convite pessoalmente: Luiz Otávio Prates, Fábio Alencar e Sabrina Ferrari.

O Presidente Interino da Telebras, Jarbas Valente, parabenizou a eleição da nova diretoria da Abrasat, em 19 de junho, agradeceu e ressaltou a importância do convite realizado. “A Telebras, inserida na Associação, tem a oportunidade de contar com mais espaço no contexto diretamente ligado ao segmento das telecomunicações por satélite. Dessa forma, nós buscamos estar presentes nos principais debates do setor, bem como cumprir a missão de difundir, cada vez mais, o papel fundamental da Telebras no Brasil”, enfatiza.

Para o Diretor Administrativo-Financeiro da Telebras, Paulo Ferreira, a Telebras se atualiza com esta iniciativa. “A Abrasat vem para somar neste momento em que fizemos um Satélite decolar e que já está posicionado em órbita, para, em breve, oferecer banda larga de qualidade a todos os recantos do Brasil’, lembra.

Telebras e Abrasat
Com a participação na Abrasat, a Telebras vai estar presente nas discussões da Associação, inclusive debatendo, como associada, a questão das telecomunicações por Satélite. Luiz Otávio Prates ressaltou que a política da Associação é pautada pelo consenso. “Uma vez que um dos associados não concorde com o tema proposto, o assunto é imediatamente retirado de pauta”, ressalta.

As reuniões ocorrem no Rio de Janeiro, podendo ser realizadas também através de videoconferência.  Segundo Valente, é preciso ressaltar a condição especial de associação. “Teremos isenção total de contribuições em 2017. Já é uma forma de economia”, conclui.

Sobre a Abrasat
Entre os objetivos da ABRASAT, criada em junho de 2003, estão o de promover a congregação associativa de empresas privadas, sediadas no Brasil, atuantes no segmento de Telecomunicações por Satélites, além de liderar e representar os interesses comuns de suas Associadas junto aos órgãos públicos e privados nos assuntos ligados ao segmento de Telecomunicações por Satélite.

A ABRASAT visa representar os interesses comuns do segmento das telecomunicações por satélite no Brasil, um dos mais importantes para um país de dimensões continentais relevantes como é o caso. A ABRASAT reúne todo o segmento de telecomunicações por satélite, incluindo as operadoras, prestadoras e indústrias.

Telebras se aflilia à AbrasatTelebras se aflilia à Abrasat

Telebras está presente na ExpoT&C 2017, em Belo Horizonte

17 de julho de 2017

Até sexta-feira, 21/07, dezenas de expositores estarão reunidos no Campus da UFMG, na Pampulha

O Presidente Interino da Telebras, Jarbas Valente, participou, nesta manhã (17), da abertura oficial da ExpoT&C, Mostra de Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento, desenvolvido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em Belo Horizonte, ocorre junto a 69ª Reunião Nacional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência  (SBPC) e reúne dezenas de expositores, como universidades, institutos de pesquisa, agências de fomento, entidades governamentais, setor empresarial e outras organizações interessadas em apresentar novas tecnologias, produtos e serviços.

Público

O público da ExpoT&C cresce anualmente com um trânsito diário de aproximadamente 6 mil visitantes. Além de Jarbas Valente, marcaram presença na abertura o Secretário-Executivo do MCTIC, Elton Santa Fé Zacarias, o Secretário de Informática, Maximiliano Martinhão, entre diversas autoridades da área da ciência e tecnologia.

Presença da Telebras

O evento segue até sexta-feira (21), no Campus da UFMG, na Pampulha, em Belo Horizonte. A Telebras conta com um estande de 20 metros quadrados que traz informações aos visitantes sobre o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC) e os serviços ofertados pela Estatal.

Na oportunidade, o Presidente Interino da Telebras, Jarbas Valente, visitou o estande da CEITEC, Empresa Pública Federal vinculada ao MCTIC que atua no mercado global de semicondutores (chips). A Telebrás deverá usar estes chips em todos os seus equipamentos da empresa para fazer o controle do patrimônio de sua rede.

Holograma produzido pela Telebras chama a atenção dos visitantes

Um holograma do Satélite produzido pela colaboradora Isabela Freire, da Gerência de Tecnologia da Informação (GTI), chamou a atenção dos presentes, em especial do Secretario-Executivo, Elton Santa Cruz, ao passar pelo estande da Telebras. O holograma está sendo apresentado pela primeira vez pela empresa em um evento.

Palestras Telebras:

17 de julho (segunda-feira)

SGDC: Os benefícios para a sociedade brasileira – Edson Gusella Junior

21 de julho (sexta-feira)

A evolução da rede da Telebras antecipa a excelência do atendimento – Palmerston Donizzeti Taveira

A sessão de encerramento será na sexta-feira, 21 de julho, às 18h, no Auditório da Reitoria – UFMG.

Nota à imprensa: Publicação do edital de capacidade do SGDC

14 de julho de 2017

A Telebras publicou hoje, 14 de julho de 2017, em seu website (www.telebras.com.br) o Edital de Chamamento Público nº 02/2017. O Edital tem o objetivo de selecionar empresas concessionárias, permissionárias ou autorizatárias de serviços de telecomunicações para tornarem-se Cessionárias da capacidade satelital em banda Ka do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas – SGDC. A sessão pública acontecerá no dia 28 de agosto deste ano. Os documentos sigilosos deverão ser retirados pessoalmente na sede da empresa, mediante assinatura de Termo de Compromisso de Manutenção de Sigilo e Confidencialidade.

O processo de comercialização do SGDC iniciou-se após a aprovação do Plano de Negócios do SGDC pelo Conselho de Administração, em janeiro deste ano, tendo sido precedido de audiência pública e de uma fase de consulta pública às minutas do Edital. Altamente produtiva, a consulta pública permitiu que toda a sociedade, interessados e órgãos de controle e governo pudessem se manifestar, sugerir e propor mudanças ao texto original. “A finalidade foi dar total transparência e publicidade ao processo, para garantir o bom uso do dinheiro público. É uma forma inovadora e segura de comercializar a capacidade do SGDC”, afirma o Presidente Interino da Telebras, Jarbas Valente.

Ao todo, foram recebidas 265 contribuições ao Edital e seus Anexos. Cada uma delas foi analisada e levada em consideração na melhoria do procedimento, tendo grande parte delas sido implementada pela Telebras. O resultado foi uma documentação ainda mais robusta, aumentando a segurança jurídica do procedimento, proporcionando maior atratividade aos participantes e à própria Telebras e majorando o potencial de benefícios ao país, sociais e econômicos, mediante a massificação do acesso à Internet em banda larga.

Dentre as principais modificações ocorridas durante a consulta pública, estão a possibilidade de participação de empresas estrangeiras e empresas em consórcio, a oferta de dois grandes lotes de capacidade satelital, a capacidade destinada às políticas públicas, o prazo contratual de 5 anos para a cessão de capacidade, melhorias na redação das obrigações do Lote 1, entre outros ajustes no formato dos instrumentos, que aperfeiçoaram a documentação disponibilizada na data de hoje.

Segundo Jarbas Valente, a publicação que ocorre hoje possibilitará à Telebras atingir seu principal objetivo, o de massificar o acesso à Internet em banda larga: “É uma revolução no acesso à Internet nestas regiões onde ela ainda não chega hoje. O SGDC vai cobrir com alta capacidade lugares totalmente desassistidos. Ele é único neste sentido”, garante Jarbas.

Além da massificação de acesso à Internet em banda larga, a sociedade brasileira já foi beneficiada de outras formas, tais como a tecnologia proporcionada pelo SGDC, a criação de uma integradora de satélites nacional, a Visiona, a capacitação em alta tecnologia de mais de 50 profissionais brasileiros da Telebras, Agência Espacial Brasileira-AEB, Instituo Nacional de Pesquisas Espaciais-INPE, todas vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações-MCTIC, Ministério da Defesa e da Visiona, que participaram do programa de absorção e transferência de tecnologia. “O SGDC é um Programa de Governo, que contou com participação da Presidência da República, Casa Civil, Ministérios do Planejamento e da Fazenda, Ministério da Defesa e todos os outros órgãos da administração pública que possibilitaram que este sonho se tornasse realidade. Este programa traz conhecimento para o Brasil, gera riquezas, reduz desigualdades e ainda proporciona desenvolvimento social”, afirma o Presidente Interino da Telebras, Jarbas Valente.

A Telebras irá publicar em breve um roteiro com os locais e datas da realização de apresentações públicas (roadshows) a respeito do processo de comercialização da capacidade do SGDC.

Por Janice Santos – Assessora de Comunicação Telebras

Telebras divulga Edital de Chamamento Público para selecionar empresas cessionárias da capacidade satelital em Banda Ka do SGDC

Nesta manhã (14), a Telebras tornou público o processo de seleção de empresas concessionárias, permissionárias ou autorizatárias de serviços de telecomunicações para se tornar cessionárias de capacidade satelital em Banda Ka do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas – SGDC.

A estatal divulgou que receberá, no dia 28 de agosto de 2017, às 10:00 horas, em sua sede, os envelopes contendo documentos referentes ao credenciamento e garantia da proposta, à habilitação e às propostas comerciais.

O edital de Chamamento Público foi precedido de Audiência Pública, realizada no dia 23 de fevereiro de 2017, e tem como finalidade dar publicidade e transparência ao processo de seleção. A seleção será feita pelo critério de maior Valor Total ofertado por Lote, de acordo com as regras definidas no edital e em seus anexos. Os documentos podem ser acessados no link abaixo:

Edital do Chamamento Público e seus anexos

Janice Santos – Assessora de Comunicação Telebras

 
Página 1 de 1412345...10...Última »